YouTuber que inseriu o Bitcoin no Brasil é impedido pela Justiça Federal de deixar o país.

0 248

Daniel Fraga, um dos pioneiros do Bitcoin no Brasil, teve seu passaporte suspendido pela Justiça Federal, após não prestar contas sobre uma ação penal em tramitação na 3ª Vara Criminal de São Paulo desde o ano de 2015.

O processo foi iniciado em 2015, mas até o momento, o youtuber não apareceu para responder ou mesmo se defender.

Sendo assim, a Justiça resolveu suspender o passaporte de Fraga para que ele não saísse do Brasil. O mesmo foi feito com seu título de eleitor e carteira nacional de habilitação.

O processo foi instaurado por dois auditores fiscais, cujas fotos foram exibidas em um dos vídeos de Daniel, com o título “Receita Federal ensina a roubar”. A gravação apresenta frases como “um conjunto de ladrões engravatados” e “são os piores bandidos que existem”, com as fotos dos funcionários Claudio Márcio Oliveira Damasceno e Mário Pereira de Pinho Filho ao fundo.

Daniel Fraga ficou famoso na internet por ter sido um dos primeiros no ramo de investimento em Bitcoins no Brasil. Fraga já recomendava a compra da criptomoeda em 2012 – época em que cada unidade valia apenas R$ 12. Apesar de ter perdido na ação, os seus bens não foram tomados pela Justiça, por estarem convertidos em criptomoedas.

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: