YouTube remove vídeos de Bolsonaro por informações incorretas sobre Covid-19 Por Reuters

0 96

© Reuters. YouTube Space em Los Angeles
21/10/2015
REUTERS/Lucy Nicholson

Por Ricardo Brito e Pedro Fonseca

BRASÍLIA/RIO DE JANEIRO (Reuters) – O YouTube removeu nesta quarta-feira vídeos do canal do presidente Jair Bolsonaro na plataforma publicados este ano e no ano passado nos quais ele defendia o uso da cloroquina e da ivermectina contra a Covid-19, apesar da comprovação científica de ineficácia de ambos os medicamentos contra a doença.

Em comunicado, a plataforma disse que, após análise cuidadosa, vídeos foram removidos por violar as políticas do YouTube de informações médicas incorretas sobre a Covid-19.

“Nossas regras não permitem conteúdo que afirma que hidroxicloroquina e/ou ivermectina são eficazes para tratar ou prevenir Covid-19; garante que há uma cura para a doença; ou assegura que as máscaras não funcionam para evitar a propagação do vírus”, informou o YouTube.

“Essas diretrizes estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais e atualizamos nossas políticas conforme as mudanças nessas orientações. Aplicamos nossas políticas de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem seja o produtor de conteúdo ou de visão política”, reforçou a empresa.

Procurado, a Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

Ao analisar o conteúdo do canal do presidente no YouTube, a Reuters confirmou a retirada do ar de vídeos das transmissões ao vivo que Bolsonaro tradicionalmente faz às quintas-feiras, de modo geral convidando ministros de Estado e outras autoridades.

Um dos vídeos removidos foi uma live no dia 27 de maio em que Bolsonaro sugeriu que se tome chás usados por indígenas para combater a Covid-19 e fez novamente defesa enfática da cloroquina e outros medicamentos sem eficácia comprovada contra o coronavírus.

Essa transmissão do presidente ocorreu a partir de Matucará, no Amazonas, onde Bolsonaro cumpriu agenda pública em que visitou comunidades indígenas.

“Este vídeo foi removido por violar as diretrizes da comunidade do YouTube”, diz uma mensagem para quem, agora, tenta assistir ao vídeo na plataforma de vídeos da Alphabet (NASDAQ:).

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.


Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.