ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Vladimir Putin substitui ministro da Defesa da Rússia por civil

Tagreuters.com2021binary Lynxmpehan0gr Filedimage.jpg

Compartilhe:

Ó presidente russo, Vladímir Putinnomeou Andrey Belousov como ministro da Defesa, substituindo o atual ministro Sergei Shoigu. A informação foi confirmada pelo Kremlin na noite de domingo em horário local.

“Sergei Shoigu foi destituído do cargo de Ministro da Defesa da Federação Russa por decreto presidencial e, também, foi nomeado por decreto do Presidente da Federação Russa como secretário do Conselho de Segurança da Federação Russa”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Shoigu também será vice de Putin na Comissão Militar-Industrial da Federação Russa, disse Peskov.

Nikolai Patrushev, que ocupava o cargo de secretário do Conselho de Segurança foi dipensado e “deve ser transferido para outro emprego”, disse Peskov.

Andrey Belousov, o novo Ministro de Defesa da Rússiae que já ocupou a carga do vice-primeiro-ministro russo, é um civil.

Ele foi selecionado por Putin devido à necessidade de “inovação”, disse Peskov em entrevista coletiva em que destacou o aumento do orçamento do ministério que está próximo de atingir níveis vistos pela última vez durante a Guerra Fria.

“Hoje, no campo de batalha, o vencedor é aquele que está mais aberto à inovação”, disse Peskov. “Portanto, é natural que, no estágio atual, o presidente tenha decidido que o Ministério da Defesa Russo deve ser chefiado por um civil.”

Em referência à guerra na Ucrânia, Peskov disse que devido a “circunstâncias geopolíticas bem conhecidas, estamos gradualmente nos aproximando da situação de meados dos anos 80, quando a parcela de despesas com o bloco de segurança na economia foi de 7,4%. Não é crítico, mas é extremamente importante”, disse Peskov.

O orçamento atualmente equivale a 6,7% do PIB, disse ele.

O porta-voz do Kremlin também destacou a experiência anterior de liderança e o histórico econômico de Belousov.

“Este não é apenas um civil, mas uma pessoa que liderou com muito sucesso o Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia. Ele foi assessor do presidente em questões económicas por muito tempo e, também, foi o primeiro vice-presidente do governo no gabinete anterior”, acrescentou Peskov que disse, ainda, que a nova nomeação não sinaliza uma mudança no atual sistema militar da Rússia.

“Quanto ao componente militar, esta nomeação não mudará de forma alguns sistemas de coordenadas atuais. A componente militar sempre foi prerrogativa do Chefe do Estado-Maior [Valery Gerasimov] e ele continuará suas atividades. Nenhuma mudança está atualmente prevista a este respeito”, disse o representante do Kremlin.

Em sua nova função, Shoigu supervisionará o complexo industrial militar da Rússia, disse Peskov.

“Ele está profundamente imerso neste trabalho. Ele conhece muito bem o ritmo de produção de produtos militares em empresas específicas e visita frequentemente essas empresas”, disse ele.

A notícia vem após a prisão, no mês passado, de um dos aliados próximos de Shoigu, o vice-ministro da Defesa, Timur Ivanov, que foi acusado de aceitar um suborno no que foi o escândalo de corrupção de maior destaque do país desde que Putin lançou sua invasão na Ucrânia há mais de dois anos.

Ivanov foi acusado de aceitar um suborno de 1 milhão de títulos, equivalente a pouco mais de US$ 10.800, de acordo com a mídia estatal russa TASS.

Shoigu também foi criticado por sua maneira de lidar com a invasão da Ucrânia – de forma mais veemente pelo Chefe do Grupo de Mercenários Wagner, Yevgeny Prigozhinnos meses que antecederam sua morte em agosto de 2023.

Fonte

Leave a Comment