Vertcoin sofre ataque 51% novamente.

Blockchain em criptomoedas menores não são tão imutável como é dito.

0 577

Vertcoin sofreu mais um ataque 51%, onde foi feito o gasto duplo e 603 blocos foram substituídos pelas transações do hacker.

Vertcoin é um clone do Bitcoin que afirma ser resistente a ASIC através de alterações regulares no algoritmo de mineração via hardfork. Atualmente, a Vertcoin ocupa a posição de 194 em capitalização de mercado e possui um valor de mercado de US $ 12,5 milhões. Em Dezembro de 2018 a Vertcoin sofreu um ataque 51%.

Vertcoin foi hackeada.

No dia 1º de Dezembro às 15:19 UTC, 603 blocos foram removidos da Blockchain principal da VTC e substituídos por 553 blocos do hacker. Foram registradas cinco transações com gasto duplo. Um total de 125 VTC (US $ 29) foi redirecionado para o endereço da carteira do hacker.

Bittrex, o câmbio com o maior fluxo da Vertcoin em volume real, desativou os saques da moeda na plataforma assim que ficou claro que o ataque estava em andamento.

Detalhes sobre o ataque.

Em 30 de Novembro, os preços de aluguel de hashrate para o algoritmo de mineração da Vertcoin Lyra2REv3 aumentaram significativamente. Há fortes evidências de que o serviço de aluguel de hash Nicehash, foi usado para conduzir o ataque.

De acordo com James Lovejoy da equipe da Vertcoin, o atacante gastou aproximadamente 0,5 BTC para realizar o ataque. O valor total do ataque foi de aproximadamente 0,44 BTC, o que significa que o ataque provavelmente não foi lucrativo.

“Dado que a reorganização foi um pouco maior que 600 blocos (requisito de confirmação da Bittrex para o VTC), é possível que a Bittrex fosse o alvo original”, disse Lovejoy. “Mas a parcela do ataque de gasto duplo foi abortado devido a Bittrex desativar sua carteira antes que o saldo pudesse ser liberado”.

Receba gratuitamente o guia prático do Bitcoin, Mineração e Trade.
https://guiapraticodobitcoin.com.br/

Fonte cryptobriefing

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: