Turismo de negócios esboça recuperação Por Estadão Conteúdo

0 133

© Reuters. Turismo de negócios esboça recuperação

O turismo de negócios começa a esboçar recuperação, diante do retorno gradual do trabalho presencial. Em julho, as empresas do setor faturaram R$ 351 milhões, avanço de 252,6% na comparação anual, segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), obtido pelo Estadão/Broadcast. No entanto, o desempenho ainda foi cerca de 64% inferior ao registrado no mesmo período de 2019, antes da pandemia.

Com o progresso da vacinação, a entidade espera que o quadro siga melhorando. “Se não tivermos avanço significativo da variante delta, podemos atingir em outubro a média mensal de vendas de 2019”, diz o presidente da Abracorp, Gervasio Tanabe. Para retomar os números pré-pandemia, as viagens internacionais precisam se recuperar. Porém, elas estão bem abaixo dó nível pré-pandemia: em julho, a receita do segmento alcançou R$ 37 milhões, ante R$ 226 milhões no mesmo período de 2019.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.


Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: