É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Tiroteios que já duram 10 dias ininterruptos provocam medo e transtornos na zona oeste do Rio

CDD.jpg

Compartilhe:

Confrontos entre traficantes e milicianos na zona oeste do Rio de Janeiro, que já duram dez dias ininterruptos, mobilizam as polícias Militar e Civil, além de provocar medo e transtornos para a população daquela região.

Os tiroteios se concentram na região da grande Jacarepaguá, em especial nas comunidades da Gardênia Azul, Muzema e na Cidade de Deus. Em conversa com a CNNinterlocutores das forças de segurança do Rio informaram que há condomínios de alto padrão instalados entre essas comunidades e que isso gera preocupação das autoridades.

Em perfis nas redes sociais, moradores da Cidade de Deus, como a CDD Acontece, informaram como está a situação nesta quarta-feira (25)

“Recomendamos que no decorrer do dia, faça contato com amigos e familiares para saber como está a área que mora ou tem que passar, ou olhe essa publicação para ver se tem alguma atualização. As vias estão abertas normalmente. […] Evitem deixar as crianças nas ruas. Fogos são ouvidos a todo instante”, alerta uma das postagens.

Fogos de artifício são usados ​​por membros do tráfico nas comunidades para alertar sobre a presença da polícia.

Em conversa com a CNNum morador da Gardênia Azul, que não quis se identificar, relatou a situação de seu bairro.

“Realmente está tendo uma guerra de traficantes com milicianos. Nos relatos que chegam para a gente, sempre após os confrontos entre esses grupos, a polícia chega para resolver. No momento atual, a comunidade está ocupada pela polícia”.

Na noite da última segunda (23), um homem foi morto na Comunidade da Muzema, mas a polícia diz que ainda não é possível relacionar a morte com a guerra entre criminosos.

Por nota, a Polícia Civil informou que está investigando a atuação de traficantes e milicianos na região para identificar os autores

“A Polícia Civil acrescenta que o levantamento de informações de inteligência e monitoramento constante dos dados são utilizados para as ações, visando à identificação e à prisão dos criminosos criminosos”, diz o comunicado.

A Polícia Militar informou que também atua na região e mapeia o que seria uma disputa territorial de criminosos da região. Nesta quarta, quatro homens foram presos – três na Cidade de Deus e um no morro do Banco. prova de balas.

Pelas ruas do bairro a PM trambém encontraram barricadas, que foram removidas pelos policiais.

(Publicado por Carolina Farias)

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *