É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Thiago Guimarães, Hacker Ético que Denuncia Vulnerabilidades em Instituições e no Mundo Cripto.

Thiago Guimarães, Hacker Ético que Denuncia Vulnerabilidades em Instituições e no Mundo Cripto.

Compartilhe:

Um grande nome do mundo cripto nacional e tecnologia como um todo, Thiago Guimarães, além dele ser CEO da Criptoplace, ele é um grande vendedor P2P com ampla experiência na área e com conhecimento aguçado em desenvolvimento de software, atuando ainda na identificação e denúncia de golpes e vulnerabilidades.

O primeiro contato com o mundo cripto ocorreu há 6 anos atrás, antes da ascensão do Bitcoin, sendo a primeira criptomoeda que teve conhecimento. Ele foi procurado para desenvolver um aplicativo que era do ramo de criptomoedas. Daí em diante sua vida mudou!

Iniciou-se ali sua jornada de conhecimento para entender melhor não só sobre criptomoedas, mas também sobre a Tecnologia Blockchain e todos seus projetos foram pausados.

Já no ramo do P2P , possui uma vasta experiência construídas em 5 anos na área, onde o fluxo de clientela somente cresceu, fazendo com que ele abrisse um espaço físico para vender Bitcoins e robôs de trading, que levou a facilidade e a tecnologia em contato direto com a comunidade e a sociedade – a Criptoplace.

O objetivo era proporcionar que qualquer pessoa comprasse criptomoedas como se fosse comprar qualquer coisa comum, fazendo uma ponte entre as pessoas e os criptoativos, aumentando também a popularidade desse capital e proporcionando facilidade nesse processo.

Combate a cibercriminosos.

Thiago conduze um grande trabalho de combate aos golpes no universo das criptomoedas, inclusive em esquemas de pirâmides, onde ele consegue rastrear exatamente onde se encontram esses golpistas e combater suas práticas. Hoje, o fundador da Criptoplace trabalha fortemente em projetos de cibersegurança e ainda como negociador de P2P.

Antigamente, o “justiceiro cripto” trabalhava ao lado de uma equipe de 17 pessoas, onde seu principal objetivo era localizar, identificar e expor as informações de golpistas, com a finalidade de aumentar a segurança de todos os usuários e punir os criminosos.

Mesmo sabendo que as leis relacionadas a criptomoedas tenham melhorado bastante, ainda existem intercorrências e prejuízos milionários ocasionados por hackers e fraldários e Thiago atua constantemente para combater esses processos.

Ele ainda participou de um projeto chamado “Criptoilha” e apesar do projeto ter sido interrompido, Thiago continua por conta própria influenciando o lugar que vive ( que é em uma ilha no Rio de Janeiro) aos comércios utilizarem criptomoedas como forma de pagamento e facilitar compra e venda de criptoativos sem a necessidade de tanta burocracia.

Vulnerabilidades já encontradas.

Entre muitas vulnerabilidades descobertas por ele podemos citar aqui algumas empresas e grandes nomes da sociedade que foram identificados fraudes ou vulnerabilidades sistemáticas, sendo elas:

  • Presidente e ex Presidente do Brasil .
  • Operadora de telefonia móvel – Claro.
  • Senado Brasileiro
  • Cláudio Oliveira (Rei do Bitcoin)
  • Natura (Empresa de cosméticos)
  • Operadora de telefonia móvel – Vivo
  • Operadora de telefonia móvel – Tim
  • Datasus
  • Detran
  • UNESP

Mesmo tendo reportado todas essas vulnerabilidades, muitas dessas instituições continuam com brechas em sua segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *