ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Supere o ouro, o Bitcoin está de olho no trono, de acordo com o guru do mercado

A Cf36d7.png

Compartilhe:

O antigo debate sobre a melhor forma de armazenar riqueza reacende-se à medida que o Bitcoin e o ouro se enfrentam. Peter Brandt, um trader financeiro veterano, apoia o Bitcoin, alegando que ele destronará o ouro como campeão de longo prazo.

Brandt cita um gráfico que mostra a ascensão meteórica da principal criptomoeda em relação ao ouro nos últimos 12 anos, sugerindo uma tendência clara. No entanto, Eric Balchunas, analista de ETFs da Bloomberg, apresenta um contraponto. Ele destaca um recente influxo de interesse dos investidores em ouro, com volumes de negociação superando até mesmo um popular ETF Bitcoin (IBIT).

Bitcoin vs. Ouro: o choque de pontos de vista

Este choque de perspectivas reflete a incerteza contínua em torno do futuro do Bitcoin. Proponentes como Brandt enfatizam o seu potencial de crescimento a longo prazo, alimentado pela sua natureza inovadora e oferta finita. A ascensão do criptoativo coincide com uma crescente desconfiança nos sistemas financeiros tradicionais, com alguns vendo-o como uma proteção contra a inflação e a instabilidade económica.

No entanto, os detratores do Bitcoin apontam a sua volatilidade como uma grande desvantagem. A recente correção de preços, que viu Bitcoin perder valor significativo em um curto período, exemplifica esse risco. Além disso, o panorama regulatório do Bitcoin permanece obscuro, com alguns governos cautelosos quanto à sua natureza descentralizada. Esta incerteza pode dissuadir os investidores institucionais que procuram estabilidade.

O ouro, por outro lado, possui uma longa e ilustre história como reserva de valor. A sua natureza tangível e a oferta limitada tornaram-no num porto seguro em tempos de turbulência económica. As recentes tensões geopolíticas levaram os investidores ao ouro, em busca da sua tradicional estabilidade. Além disso, o papel estabelecido do ouro no sistema financeiro global torna-o uma classe de ativos familiar e confiável.

BTCUSD trading at $66,258 on the weekly chart: TradingView.com

Bitcoin ou ouro?

O recente aumento no volume de negociação do ouro poderá ser um problema temporário, como sugere Balchunas. Os investidores podem estar buscando refúgio no ouro após a queda do preço do Bitcoin. No entanto, também poderá sinalizar uma mudança mais duradoura no sentimento do mercado. A viabilidade a longo prazo ETFs de Bitcoin como o IBIT também ainda está para ser visto. Se esses fundos sofrerem saídas, isso poderá diminuir ainda mais o entusiasmo dos investidores pelo Bitcoin.

Em última análise, a batalha entre o Bitcoin e o ouro é complexa, com fortes argumentos de ambos os lados. Os investidores devem pesar a sua tolerância ao risco e os seus objectivos de investimento ao decidir onde alocar os seus activos.

Aqueles que buscam um potencial de alto crescimento com a capacidade de perturbar as finanças tradicionais podem favorecer o Bitcoin. No entanto, devem estar confortáveis ​​com oscilações de preços significativas e com um cenário regulamentar em rápida evolução. Por outro lado, aqueles que priorizam a estabilidade e um histórico comprovado podem encontrar consolo no ouro.

O futuro permanece não escrito. Quer o Bitcoin surja como o rei indiscutível, quer o ouro mantenha a sua coroa, a batalha pela supremacia financeira promete ser cativante de assistir.

Imagem em destaque do Kinesis Money, gráfico do TradingView

Fonte

Leave a Comment