Mercado convencional derretendo, causa preocupações de uma recessão global.

Corrida para o Bitcoin e ouro.

1 777

As ações dos Estados Unidos viram uma grande queda na quarta-feira, quando três bancos centrais globais fizeram cortes inesperados em suas taxas de juros, alimentando preocupações de uma desaceleração global.

A nova onda de incertezas também derrubou o preço dos títulos, como uma cena já não vista há 30 anos, do Tesouro caindo próximo a uma baixa histórica.

Fonte: businessinsider

Nações enfraquecendo.

Os principais índices hoje continuam a ver quedas que chegam a quase 3% (o que representa uma grande queda no mercado convencional).

  • O S & P 500 caiu para 2.868,14 – queda de até 2%.
  • A Média Industrial Dow Jones recuo para 25.800,26 – queda de até 2,3%.

Também vimos nações sofrendo grande volatilidade em suas moedas estatais, como a KWR e o CNY contra o Bitcoin e o Ouro.

nações sofrendo grande volatilidade

As perdas ocorreram depois que a Tailândia, a Índia e a Nova Zelândia chocaram os investidores ao reduzirem suas taxas de juros de referência. Suas ações acontecem em meio a uma guerra cambial global, que tem visto um número crescente de nações enfraquecerem suas moedas.

Essa desvalorização é frequentemente causada por cortes nas taxas, uma vez que esse afrouxamento aumenta a oferta monetária.

Como se não bastasse as dificuldades internas dos países, outro grande catalisador deste movimento atípico pode vir das discórdias entre os governos que impõem sanções fortes um contra o outro, que foi o caso dos Estado Unidos e a China.

Resultados de uma guerra cambial.

No início do mês reportamos como os bancos Chineses estão enfrentando o problema de liquidez, o que levou alguns bancos (pequenos) a fecharem as portas, o que gera preocupação do famoso evento de ‘corrida ao banco’, onde todos tentam sacar seu saldo nos bancos ao mesmo tempo.

Para piorar, o que era apenas uma guerra comercial, tomou outro sentido no início da semana, quando a china desvalorizou o Yuan a 7 por 1 em relação ao Dólar.

A China estabilizou sua moeda na terça-feira, o que levou a uma recuperação nos principais índices dos EUA, que reduziram algumas perdas com a liquidação de segunda-feira, porém a China deixou claro sua posição em relação ao início do que pode se tornar uma guerra cambial.

Historicamente falando, guerras cambiais traz um ciclo muito indesejável, primeiro de incertezas e enfraquecimento global, onde os investidores procuram um local seguro para seus investimento, através do ouro, prata e agora também do Bitcoin.

O próximo passo de uma guerra cambial seria uma guerra physica, possivelmente a terceira guerra mundial em busca de determinar a nova moeda dominante.

Deixe-nos saber sua opinião na seção de comentários abaixo.

Fonte markets.businessinsider
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.