É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Por que o Mercado Bitcoin e Stellar vão explorar a CBDC brasileira

bitcoin-cryptocurrency-coins-national-flag-brazil-crypto-law-regulation-concept-bitcoin-cryptocurrency-coins-national-240971581.jpg

Compartilhe:

De acordo com um Comunicado de imprensa, a Stellar Development Foundation (SDF) unirá forças com a grande plataforma de câmbio Mercado Bitcoin. Os parceiros trabalharão nos nove cases do Desafio LIFT do Banco Central do Brasil (Bacen).

Leitura Relacionada | Nigéria atualizará o CBDC para uso mais amplo, pois as restrições de criptografia paralisam o setor de fintech

A iniciativa foi implantada em parceria com outras instituições brasileiras. Destina-se a explorar o lançamento e casos de uso de uma moeda digital do Banco Central (CBDC).

A Stellar Development Foundation trabalhará com o Mercado Bitcoin, ClearSale e CPQD. Esses parceiros compunham um consórcio LIFT Challenge.

De acordo com o comunicado, o Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas do Real Digital Challenge (LIFT) Challenge funciona como um ambiente colaborativo para desenvolver o Real Digital, a CBDC do Brasil.

O projeto identificará a viabilidade tecnológica, casos de uso e infraestrutura necessários para lançar o Real Digital. A iniciativa também visa melhorar o sistema financeiro brasileiro por meio da atração de participantes do mercado, bancos, instituições de pagamento, empresas de tecnologia e outros.

Essas entidades serão encarregadas de desenvolver produtos tendo como base o Real Digital. O Banco Central do Brasil afirma que seu CBDC será implantado no segundo semestre de 2022 com uma primeira fase “pilotada para um público restrito”, afirma o comunicado.

Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, disse o seguinte sobre a iniciativa:

Estamos em um consórcio de empresas que possuem estrutura e ambição para construir soluções robustas para o mercado financeiro por meio da tecnologia blockchain. A utilização da rede Stellar nos permitirá entregar um caso completo para avaliação pelo Banco Central.

O SDF tem trabalhando com o governo ucraniano em seu CBDC por vários anos. A organização sem fins lucrativos e seus parceiros estavam prontos para testar os recursos programáveis ​​do CBDC, mas faltam atualizações sobre o projeto.

Por que o Mercado Bitcoin escolheu a Stellar como parceira?

Semelhante ao CBDC ucraniano, o Real Digital será lançado para avançar na inovação de pagamentos e tornar o sistema financeiro brasileiro mais aberto e inclusivo. Denelle Dixon, CEO da Stellar Development Foundation, afirmou que a cooperação com o Mercado Bitcoin contribuirá para o crescimento da rede.

Ela adicionou:

A rede da Stellar está preparada para apoiar o Mercado Bitcoin e o Banco Central do Brasil enquanto exploram casos de uso para o futuro do Real Digital. A Stellar foi projetada para emissão de ativos e suas ferramentas de conformidade integradas dão ao Mercado Bitcoin uma base sólida para desenvolver uma solução com os recursos que o Bacen espera ver.

O Mercado Bitcoin selecionou a rede Stellar por suas capacidades e porque acreditam que é “excelente para implementar projetos de tokenização e pagamento”. A rede é capaz de processar transações rápidas e de baixo custo, permite que as instituições financeiras implementem suas próprias políticas de KYC, é considerada não “intensiva em energia” e muito mais.

Leitura Relacionada | SWIFT testa a interoperabilidade da CBDC para permitir pagamentos internacionais

No momento da redação deste artigo, o preço do XLM está em US$ 0,13 com movimento lateral nas últimas 24 horas.

XLM XLMUSDT Stellar Bitcoin BTC BTCUSD
O XLM está em tendência de baixa no gráfico de 4 horas. Fonte: XLMUSDT Tradingview

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *