ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Por que a Rússia quer conquistar Kharkiv e qual a sua importância para a Ucrânia?

34261bf0 8846 4a28 B9d8 6c411ff12653 E1710549630229.jpg

Compartilhe:

A Rússia iniciou uma das maiores ofensivas contra a Ucrânia desde o início da guerra, com um ataque surpresa no nordeste do país.

O Exército de Vladimir Putin invadiu Vovchansk, município próximo à fronteira entre os dois países, e intensificou os ataques aéreos contra Kharkivsegunda maior cidade ucraniana.

Segundo o Instituto de Estudo da Guerra, a Rússia reuniu mais de 50 mil tropas nas regiões de Belgorod, Kursk e Bryansk, próximas à fronteira ucraniana. A maior parte dessas forças não está sendo utilizada nesta experiência, mas pode ser enviada para a batalha nos próximos meses.

Por que Kharkiv é importante?

A cidade de Kharkiv tinha uma população estimada em 1,4 milhão de pessoas antes da guerra, sendo a segunda maior cidade do país e uma das mais desenvolvidas.

Entretanto, esse número pode ter sido limitado pela metadesegundo Américo Martins, correspondente da CNNapós centenas de milhares de pessoas que fugiram.

Ela ficou a menos de 40 quilômetros da fronteira com a Rússia e foi a capital da Ucrânia de 1919 a 1933, quando o território fazia parte da União Soviética.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse em março de 2022 que a conquista de Kharkiv seria o segundo objetivo principal do Exército Russo, ficando para trás apenas da capital Kiev.

Foram registrados combates intensos nas ruas de Kharkiv no início da guerraem 2022. Mais tarde naquele ano, tropas ucranianas conseguiram impedir que os russos tomassem a cidade, algo que se tornou um dos símbolos da resiliência da Ucrânia durante uma invasão russa.

Ainda assim, Kharkiv tem sido alvo de constantes ataques com mísseis e artilharia russa.

O interesse da Rússia na cidade deve-se a alguns motivos: Kharkiv abrigava fábricas de tanques e tratores, além de produtos eletrônicos, se mostrando um importante polo industrial para a região, com entroncamento ferroviário.

Outros itens produzidos por lá eram trens, máquinas industriais, agrícolas e geradores.

Além disso, havia uma instalação de pesquisa nuclear em Kharkiv, que abrigava um reator nuclear experimental usado para pesquisa e produção de isótopos para uso médico e industrial, segundo a Agência de Energia Nuclear da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Ainda segundo o órgão, essa instalação foi colocada em “desligamento de longo prazo” em 24 de fevereiro de 2022, dia em que a guerra começou.

Objetivo militar

A conquista de Kharkiv também seria simbólica para o Exército Russo, visto que é um importante centro industrial e habitacional.

Os ucranianos também temem que a cidade fique inabitável devido aos combates, como aconteceu em outras regiões do país, por exemplo, em Avdiivka, conforme destaque Cedric Leighton, coronel aposentado e analista militar da CNN Internacional.

Analistas também avaliam que a intensificação dos ataques no nordeste da Ucrânia dividirá a atenção do Exército Ucraniano, que já está desgastado e sofre com falta de recursos e tropas.

Os principais combates nos últimos meses acontecem no leste do país, a centenas de quilômetros de Kharkiv. Após capturar Avdiivka, considerada uma das principais conquistas do Exército Russo na guerra, as tropas de Putin focam em Chasiv Yar, outra cidade também no leste ucraniano.

Assim, esta situação poderia exigir a realocação do contingente militar ucraniano e dificultar a sua operação, tendo que lutar em mais frentes.

Fonte

Leave a Comment