ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Por que a redução do Bitcoin pela metade pode trazer incerteza à indústria de mineração: uma análise aprofundada

A 72bcd7.jpg

Compartilhe:

À medida que se aproxima a contagem regressiva para o quarto halving do Bitcoin, agendado para 19 de abril de 2024, os mineradores estão se preparando para mudanças significativas em suas operações. A redução para metade, que ocorre aproximadamente a cada quatro anos, marca um evento crucial no cenário económico do Bitcoin, impactando tanto as receitas dos mineiros como a segurança da rede.

Atualmente, os mineradores recebem 6,25 bitcoins como recompensa por cada bloco validado. No entanto, com o próximo halving, essa recompensa será reduzida pela metade, caindo para 3.125 bitcoins por bloco. Esta redução abrupta nas receitas coloca desafios aos mineiros, especialmente aqueles que operam com margens de lucro estreitas.

De acordo com um relatório da exchange de criptomoedas Bitfinex, O efeito imediato do halving é um declínio de 50% na renda dos mineradores, o que poderia tornar algumas operações não lucrativas, a menos que seja mitigado por um aumento equivalente no preço do Bitcoin ou por reduções nos custos operacionais. A tensão subsequente pode forçar os mineradores menos eficientes a sair do mercado, potencialmente contraindo temporariamente o poder de hashing da rede.

A redução do Bitcoin pela metade e o desafio da segurança de rede

Além disso, a redução da recompensa por bloco levanta preocupações sobre a segurança da rede do Bitcoin e o potencial para maior centralização do poder de mineração. A rede depende de mineradores descentralizados para validar transações e proteger o blockchain.

“Os riscos de centralização podem significar a censura potencial das transações e o aumento da vulnerabilidade a ataques coordenados ou pressões regulatórias”, disse Bitfinex.

No entanto, uma diminuição nas recompensas, sem factores compensatórios como o aumento dos preços da Bitcoin ou das taxas de transacção, pode desincentivar as actividades mineiras entre os mineiros mais pequenos, levando a uma consolidação do poder mineiro entre entidades maiores e com mais recursos. Esta concentração de poder poderia representar riscos para a natureza descentralizada do Bitcoinpotencialmente permitindo a censura de transações e aumentando a vulnerabilidade a ataques coordenados ou pressões regulatórias.

Total crypto market cap at $2.4 trillion. Chart: TradingView

Historicamente, as reduções pela metade estimularam altas de preços do Bitcoin devido ao aumento da escassez. Se esta tendência persistir, o valorizando o valor do Bitcoin poderia contrabalançar a redução das recompensas por bloco, sustentando os incentivos aos mineradores e reforçando a segurança da rede. Contudo, este resultado depende de vários factores, incluindo a procura do mercado e as condições macroeconómicas.

O escrutínio regulamentar acrescenta outra camada de complexidade ao futuro da indústria mineira. Os governos de todo o mundo, incluindo a administração Biden nos EUA e vários países da UE, estão de olho em regulamentações mais rigorosas sobre a mineração de Bitcoin devido a preocupações ambientais.

Resultados e estratégias potenciais após a redução do Bitcoin pela metade

A proposta de imposto sobre energia de mineração de Bitcoin nos EUA visa gerar receitas substanciais, projetadas em quase US$ 10 bilhões em 2025 e mais de US$ 42 bilhões na próxima década. Se for promulgado, este imposto poderá remodelar o cenário económico da mineração de Bitcoin nos EUA, obrigando os intervenientes da indústria a adotar tecnologias mais eficientes em termos energéticos ou a mudarem-se para jurisdições menos regulamentadas.

Apesar desses desafios, existem resultados potencialmente benéficos para a indústria de mineração após o evento de redução do bitcoin pela metade. Um significativo aumento de preço do Bitcoin, impulsionada pela redução da oferta e pela crescente procura, poderia compensar a redução das recompensas por bloco, mantendo ou mesmo aumentando a rentabilidade da mineração.

A inovação contínua na tecnologia mineira, juntamente com o acesso a fontes de energia mais baratas e mais limpas, poderia reduzir os custos operacionais e melhorar a sustentabilidade ambiental.

Além disso, a expansão para novas regiões com energias renováveis ​​abundantes poderia diversificar os riscos da indústria e aumentar a resiliência. O aumento das taxas de transação, impulsionado por uma maior procura e melhorias de eficiência, também poderia complementar as receitas dos mineiros.

O investimento institucional e o desenvolvimento de produtos financeiros inovadores poderiam estabilizar o mercado e integrar ainda mais o Bitcoin no sistema financeiro global.

Imagem em destaque do Pexels, gráfico do TradingView

Fonte

Leave a Comment