ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Onde os investidores cripto-anjos devem aplicar capital após a aprovação do Ethereum ETH

Angel Investor Ethereum.jpg

Compartilhe:

A seguir está uma postagem convidada de Tim Haldorsson, CEO da Lunar Strategy.

Em nove curtos anos, Ethereum passou de pioneiro em contratos inteligentes on-chain e criptografia programável para se tornar a espinha dorsal das finanças descentralizadas e da infraestrutura blockchain. A recente aprovação dos ETFs ETH pela SEC é apenas um passo nesta jornada, embora seja um marco significativo que solidificou o status da Ethereum como uma classe de ativos madura digna de séria consideração de investimento.

Este artigo irá destacar os setores mais promissores dentro do ecossistema Ethereum que acredito que os investidores anjos deveriam observar de perto para aproveitar este impulso económico.

Camada 2 de Finanças Descentralizadas (DeFi)

Ethereum abriu caminho para o nascimento de mercados descentralizados em cadeia, plantando as sementes que floresceram em um setor DeFi global com valor de mercado de US$ 104,55 bilhões. DeFi é uma toca de coelho complexa repleta de mecanismos financeiros únicos que não têm paralelo nas finanças tradicionais. No entanto, eles contam com a segurança, velocidade e descentralização oferecidas pelos contratos inteligentes da Ethereum. Redes de camada 2 como Base, Arbitragem, e o zkSync surgiram para resolver os problemas de escalabilidade do Ethereum, reduzindo os custos de uso e aumentando a velocidade das transações sem sacrificar a privacidade ou a segurança. Essas melhorias tornam a tecnologia Ethereum mais acessível e perfeita para atividades DeFi.

No espaço DeFi, projetos como plataformas de empréstimo e empréstimo, plataformas de negociação de futuros e perpétuos, plataformas de propagação e lançamento de tokens e bolsas centralizadas e descentralizadas provaram ser imensamente bem-sucedidos. Mesmo na época em que a ETH chamava a atenção apenas de um pequeno nicho de participantes do mercado, essas tecnologias foram transformadas em uma infinidade de modelos de negócios que provaram uma demanda real por soluções DeFi em grande escala. Alguns dos principais protocolos DeFi atingiram avaliações multibilionárias, ressaltando a força deste setor.

À medida que o Ethereum faz a transição para uma mercadoria reconhecida, o potencial para um maior crescimento no DeFi torna-se ainda mais certo, tornando-o uma área lucrativa para investidores anjos implementarem capital.

Inteligência artificial

Inteligência artificial é uma das tecnologias mais importantes do nosso tempo, comparável ao impacto da tecnologia blockchain. O mundo precisa de tecnologias de IA confiáveis ​​e livres de controle centralizado.

O Blockchain permite estruturas seguras, privadas e descentralizadas para serviços de IA, cruciais para prevenir monopólios sobre recursos computacionais escassos e para fornecer acesso mais amplo a redes descentralizadas de aprendizagem automática. Ao aproveitar o blockchain da Ethereum para projetos de IA, os desenvolvedores já estão construindo serviços de IA que permanecem seguros e descentralizados.

Esta intersecção entre IA e blockchain é um campo de jogo atrativo para investimento, à medida que a procura por soluções de IA descentralizadas e seguras continua a aumentar. Os projetos de IA construídos no Ethereum já alcançaram limites de mercado multibilionários, mostrando aos observadores perspicazes que se trata de um barril de pólvora de crescimento explosivo. A recente aprovação dos ETFs ETH pode ser a faísca que acenderá a próxima etapa de expansão para a qual este setor está preparado.

Infraestrutura Física Descentralizada (DePIN)

DePIN é um dos emocionantes setores dependentes de blockchain que surgiram graças ao milagre dos contratos inteligentes. Em suma, funde infraestrutura física com redes digitais de participantes descentralizados e facilita a troca global de recursos limitados mas muito procurados, como sensores, armazenamento de dados ou conectividade sem fios, em troca de tokens criptográficos.

Os DePINs oferecem governança descentralizada, compartilhamento de infraestrutura ponto a ponto, tokenização e maior segurança e privacidade para indústrias tradicionais e digitais.

À medida que a demanda por DePINs cresce, o mercado para esses recursos também cresce, impulsionando a valorização dos tokens e a expansão do mercado. Ethereum alimenta os contratos inteligentes que executam esses DePINs, tornando-o um componente crucial deste ecossistema. Com a recente aprovação dos ETFs ETH, é provável que mais investidores anjos voltem a sua atenção para os DePINs, reconhecendo o seu potencial para elevados retornos e impacto significativo no mundo real.

Reestabelecimento de ETH

Estacamento é um aspecto fundamental para proteger redes descentralizadas como Ethereum através da teoria dos jogos económicos. Os validadores, que executam os nós que alimentam o blockchain, são obrigados a apostar ETH. Se seguirem as regras, ganham recompensas; se tentarem trapacear, perderão o ETH apostado. Atualmente, mais de US$ 100 bilhões em ETH estão apostados– essa é a importância desse mecanismo para a operação de redes blockchain.

O Restake leva esse conceito ainda mais longe, aplicando a mesma teoria do jogo para proteger qualquer protocolo no blockchain. Isto permite que os participantes mais pequenos mantenham elevados níveis de segurança através de mecanismos de prova de participação que de outra forma seriam inatingíveis. O reestabelecimento ajuda a criar uma rede mais resiliente para vários protocolos, tornando proibitivo em termos de custo atacar qualquer participante único dentro do pool maior de prova de participação.

Os serviços de reestaqueamento líquido simplificam ainda mais o processo para aqueles que buscam apostar tokens sem gerenciar validadores complexos. Esses serviços emitem Liquid Restaking Tokens, que acumulam rendimento e juros das recompensas do validador e podem ser negociados ou reasprometidos para gerar recompensas adicionais. O crescimento deste setor sublinha a sua importância como pilar de segurança para blockchains, tornando-o uma área atraente para investidores anjos.

Conclusão

A aprovação dos ETFs ETH carimbou a Ethereum como um veículo de investimento líder. O ecossistema Ethereum oferece muitas oportunidades interessantes para investidores anjos, desde camada 2 DeFi e integração de IA até DePINs e reestabelecimento.

É importante estudar estes setores e compreender tanto as suas principais narrativas como os seus catalisadores de crescimento. Dessa forma, os investidores podem implantar capital inteligente e, ao mesmo tempo, contribuir para o crescimento do Ethereum.

Fonte

Leave a Comment