ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

O que o ‘Plano de Fim de Jogo’ da MakerDAO significa para os pools de liquidez da Curve

Arthur Mazi Vfhsyambhke Unsplash 1000x600.jpg

Compartilhe:

Quando MakerDAO’s [MKR] co-fundador introduziu o Plano de Fim de Jogo para o protocolo, os membros da comunidade estavam esperançosos de uma mudança nos mecanismos de tomada de decisão e governança. Já se passou mais de um mês e um novo relatório da Crypto Risk Assessments apontou as repercussões que esse plano pode apresentar. Isso incluiu ainda a ameaça que isso pode ter de Curva de Finanças [CRV].

O que é o “Fim do Jogo”?

O plano Endgame foi introduzido pelo cofundador da MakerDAO, Rune Christensen. O plano foi introduzido para descentralizar ainda mais o protocolo e torná-lo mais resiliente às agências reguladoras.

“O Endgame Plan é uma iniciativa ambiciosa que visa criar um roteiro finito para o MakerDAO que, passo a passo, leve a um estado final predeterminado e imutável muitos anos no futuro, enquanto melhora significativamente a dinâmica de governança e aproveita o poder bruto do DeFi moderno. inovação.” a inicial proposta lida.

O plano inicial também estabeleceu planos para DAI, uma stablecoin no Ethereum [ETH] blockchain. TO plano delineou que manterá uma relação de 1:1 com o dólar por pelo menos três anos. Assim, mantendo esse peg se o protocolo atingir e manter 75% de garantias descentralizadas.

Onde está a ameaça?

Agora, neste plano ambicioso, havia algo chamado DAI flutuação livre abordagem. Christensen acreditava que, para limitar as ameaças à garantia RWA do MakerDAO, era necessário permitir a flutuação livre do DAO.

O colateral RWA era basicamente o valor mínimo de capital/ativos a ser mantido pelo protocolo para garantir a solvência. O DAI flutuante livre era uma possibilidade controversa, mas provável. O que o tornou controverso foi seu impacto potencial em pools de liquidez como 3pool, meta pools etc.

o relatório pela Crypto Risk Assessments também afirmou que, se o preço do DAI cair, os detentores tentarão descarregá-lo como o melhor preço possível. Como o módulo de estabilidade de peg (PSM) da MakerDAO oferecerá uma taxa mais baixa, os usuários sairão de suas posições DAI usando pools de liquidez. Isso levaria, assim, a um aumento da participação dos pools.

Os bots e usuários de arbitragem podem explorar essa oportunidade, fazendo com que a DAI se acumule em pools de liquidez, pois os bots drenariam suas outras duas participações, USDC e USDT. Os pools serão, portanto, forçados a eliminar a liquidez, ou seja, stablecoins diferentes do DAI antes que a taxa de câmbio do DAI possa corresponder à taxa de resgate negativa do PSM.

O 3pool da Curve Finance pode ter que iniciar uma reestruturação de protocolo se o DAI se tornar free float. Tal reestruturação interromperá o pool de US$ 861 milhões que registra mais de US$ 40 milhões em volume diário.

Recomendações para Curva

Como tal, a equipe de risco da Crypto Risk Assessments delineou um possível curso de ação para a Curve para mitigar as perdas. A plataforma terá que passar por um voto DAO para um pool de base USDC + USDT que receberia emissões de CRV.

A equipe também recomendou que a comunidade do Curve começasse a refletir sobre um novo token de taxa de administração. Além disso, uma possível transição antes que o MakerDAO pudesse iniciar seu Marco Endgame Plan.

Christensen inicialmente apresentou o plano controverso em resposta à sanção de Tornado Cash pelo Departamento do Tesouro dos EUA. Sentindo a pressão regulatória, ele apresentou dois caminhos para o protocolo, o caminho da conformidade ou o caminho da descentralização.

Fonte

Leave a Comment