ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

O que é a rede Monero (XMR)?

Dall·e 2024 02 02 13.23.33 Create An Image That Symbolizes The Monero Network Emphasizing Its Focus On Privacy And Security Within The Cryptocurrency Space. The Central Element Large.jpeg

Compartilhe:

O que é Monero (XMR)?

Monero (XMR) é uma das principais criptomoedas focada em privacidadeconhecimento zero e transações resistentes à censura. O Rede Monero opera em um prova de trabalho (PoW) mecanismo de consenso, como Bitcoin e várias outras criptomoedas. Este sistema incentiva os mineradores a contribuir com blocos para o blockchain. O algoritmo PoW do Monero foi projetado para resistir a equipamentos de mineração especializados, conhecidos como circuitos integrados de aplicação específica. (ASIC). Estes ASICs conferem uma vantagem significativa às empresas e indivíduos abastados, levando potencialmente à centralização da rede.

Em 2018, o Monero se tornou a primeira grande criptomoeda a implantar o que é conhecido como “à prova de balas”, uma tecnologia que melhorou muito a eficiência das transações XMR e levou a uma queda de pelo menos 80% no tamanho médio da transação e reduziu drasticamente as taxas para o usuário final.

Monero passou por uma atualização em 2019, fazendo a transição para o Algoritmo RandomX. Este algoritmo é adaptado para acomodar mineradores de CPU (como laptops) e mineradores de GPU (utilizando placas gráficas independentes). Teoricamente, este ajustamento deveria promover uma maior descentralização dentro do Rede Monero.

Rede Monero

Quem são os fundadores da rede Monero (XMR)?

Monero (anteriormente conhecido como Bitmonero) tem suas raízes em 2014, quando se bifurcou do Cadeia de blocos de Bytecoins. Seu desenvolvimento foi liderado por uma comunidade vibrante de desenvolvedores, incluindo Ricardo Spagni (também conhecido como Fluffypony), que desempenhou um papel fundamental na definição da trajetória do Monero. O compromisso com os princípios de código aberto e a governança orientada pela comunidade ressaltam o sucesso do Monero.

Desde o seu lançamento, o Monero passou por melhorias significativas, incluindo a migração da estrutura do banco de dados, implementação do RingCT para privacidade do valor da transação e definição de tamanhos mínimos de assinatura de anel para garantir que todas as transações sejam privadas por padrão. Essas melhorias reforçaram a segurança, a privacidade e a usabilidade da rede.

O Projeto Monero lidera o processo com seu laboratório de pesquisa e equipe de desenvolvimento dedicados, continuamente pioneiros em tecnologias inovadoras. Desde o seu lançamento, o projeto recebeu contribuições de um grupo diversificado de mais de 500 desenvolvedores espalhados por vários continentes.

Fundadores do Monero

Investidores e instituições que apoiam o token Monero (XMR)

Compreender quem financia diretamente o Monero pode ser complicado devido à sua ênfase na privacidade, mas tem atraído uma base sólida de investidores. Monero possui vários canais indiretos através dos quais investidores e instituições apoiam e investem no Ecossistema Monero.

Grandes pools de mineração desempenham um papel vital na garantia da segurança da rede e no processamento de transações. Embora não financiem diretamente Token Monero (XMR)o seu envolvimento indica uma crença mais ampla no potencial do Monero.

MinerGate, conhecido por sua ampla base de usuários, e SupportXMR, um pool de mineração Monero de código aberto, estão contribuindo ativamente para o desenvolvimento da comunidade. Também, Monero (XMR) estar listado em bolsas respeitáveis ​​como Binance e Kraken aumenta a acessibilidade e atrai grandes investidores.

O Fundo de Desenvolvimento Comunitário Monero (CDF) depende de doações para apoiar desenvolvedores e projetos. Contribuintes notáveis ​​incluem Edge Wallet e Cake Wallet, ambos contribuindo ativamente para o CDF.

Equipe principal

O que a Rede Monero pretende alcançar no espaço criptográfico e além

Na sua essência, Monero defende o direito à privacidade financeira, oferecendo anonimato incomparável através de técnicas criptográficas avançadas. As transações realizadas na rede Monero são protegidas de olhares indiscretos, garantindo a confidencialidade dos remetentes, destinatários e valores das transações.

Este compromisso com a privacidade permite que os indivíduos realizem transações de forma livre e segura, sem medo de vigilância ou censura, e serve como um escudo contra a opressão em regiões onde a liberdade financeira é restrita.

Monero teve cerca de 32 milhões de transações XMR, com aproximadamente 8,6 milhões em 2022, uma ligeira queda em relação ao seu pico em 2021. Em comparação, o Bitcoin registrou quase 800 milhões de transações durante o mesmo período.

Transações Monero

Monero recursos de privacidade têm aplicações legítimas na salvaguarda de informações financeiras sensíveis, na proteção das liberdades pessoais e na preservação da liberdade económica.

Como funciona o Monero (XMR)?

Os principais recursos de privacidade do Monero são a utilização de assinaturas em anel, endereços furtivose RingCT. Ao contrário de blockchains transparentes como Bitcoin e Ethereum, o Monero prioriza a confidencialidade do usuário, oferecendo um nível de anonimato comparável às transações físicas em dinheiro.

Apesar de sua aclamação na comunidade de criptomoedas, Monero não ficou imune a escrutínio regulatório. Os órgãos reguladores levantaram preocupações sobre o potencial uso indevido de moedas de privacidade, levando a restrições à sua negociação e listagem em certas bolsas.

No entanto, Monero permanece firme no seu compromisso com a privacidade, oferecendo aos utilizadores um meio seguro e privado de transacções no mundo digital.

O mecanismo de mineração do Monero o diferencia de seus pares, enfatizando a inclusão e a acessibilidade. O algoritmo RandomX, otimizado para CPUs de uso geral, democratiza o processo de mineração, permitindo a participação de uma ampla gama de hardware. Esta abordagem evita a centralização do poder mineiro, garantindo uma rede mais descentralizada.

Monero também introduziu “mineração inteligente”, uma alternativa sustentável que utiliza o poder de processamento ocioso de um computador para extrair XMR. Este método de eficiência energética está alinhado com o espírito de acessibilidade e sustentabilidade da Monero na mineração de criptomoedas. Também faz uso Dente de Leão++ para ocultar endereços IP associados a nós para evitar a exposição de informações confidenciais.

O que torna o token XMR único?

A abordagem do Monero ao tratamento de transações o diferencia como pioneiro no campo de moedas digitais centradas na privacidade. Através da utilização de valores divididos e da geração de endereços únicos únicos para cada fragmento de transação, o Monero(XMR) oculta efetivamente o rastro dos fundos, tornando praticamente impossível rastrear a combinação exata de unidades monetárias pertencentes a um destinatário. Esta metodologia complexa garante que as transações Monero permaneçam envoltas em sigilo, reforçando a confiança do usuário na capacidade da rede de preservar a privacidade financeira.

Com recursos como chaves de visualização e chaves de gastos, os usuários do Monero têm controle sobre suas contas, permitindo-lhes conceder acesso seletivo a partes específicas, preservando a confidencialidade de suas informações financeiras.

Em essência, a combinação única de recursos de aprimoramento de privacidade, gerenciamento de transações inovador e design centrado no usuário do Monero o diferencia como um pioneiro no cenário das criptomoedas.

Blockchain XMR

Recursos notáveis ​​da rede Monero (XMR)

Privacidade por padrão: Monero utiliza técnicas criptográficas avançadas, como assinaturas de anel, endereços furtivos e transações confidenciais de anel (RingCT) para ofuscar detalhes da transação, garantindo privacidade incomparável.

Fungibilidade: Cada moeda XMR é intercambiável, garantindo que nenhuma história possa ser rastreada para manchar seu valor. Este aspecto da fungibilidade é crucial para que uma moeda funcione eficazmente sem discriminação com base na sua utilização passada.

Descentralização: O algoritmo de mineração do Monero, CryptoNight, foi projetado para ser resistente a ASIC, promovendo um ecossistema de mineração mais descentralizado onde os indivíduos podem participar usando hardware de computador padrão, mitigando assim os riscos de centralização.

Comunidade Ativa: A comunidade Monero é vibrante e apaixonada, defendendo constantemente os direitos de privacidade e ampliando os limites da inovação tecnológica para salvaguardar a soberania financeira.

Adoção e Reconhecimento: Apesar de sua ênfase na privacidade, Monero atraiu atenção significativa tanto de usuários quanto de instituições. Encontrou utilidade em vários domínios, incluindo mercados online, remessas e transações preocupadas com a privacidade. Além disso, figuras proeminentes no espaço das criptomoedas reconheceram a proposta de valor do Monero, solidificando ainda mais a sua posição no cenário da moeda digital.

Aplicações potenciais em vários setores

Setor de Serviços Financeiros: Monero's tecnologia blockchain pode revolucionar processos como financiamento comercial, empréstimos e gestão de ativos. Seus recursos e tecnologias que melhoram a privacidade garantem que as transações financeiras confidenciais permaneçam confidenciais, mantendo a transparência e a auditabilidade. Além disso, a natureza descentralizada do Monero elimina intermediários e reduz custos.

Gestão da cadeia de abastecimento: Este setor pode obter vantagens significativas com o Monero. Ao aproveitar o registro imutável e os recursos de aprimoramento de privacidade do Monero, as empresas podem aumentar a transparência, a rastreabilidade e a autenticidade em toda a cadeia de suprimentos. A blockchain do Monero garante a integridade das mercadorias e reduz o risco de fraude e falsificação.

Indústria de mídia e entretenimento: Essas duas indústrias também podem aproveitar o poder do blockchain do Monero para diversas aplicações. Seja gerenciando direitos digitais, rastreando royalties ou melhorando a distribuição de conteúdo, o Monero ajudará a garantir uma plataforma transparente para criadores, distribuidores e consumidores de conteúdo. Ao utilizar o blockchain do Monero, as empresas podem agilizar o pagamento de royalties, proteger os direitos de propriedade intelectual e criar novos fluxos de receita no cenário da mídia digital.

Instituições Governamentais: A blockchain do Monero tem aplicações promissoras em serviços governamentais; os governos podem aproveitar o blockchain do Monero para sistemas de votação seguros, gerenciamento de identidade digital e serviços públicos transparentes.

Cibersegurança e IoT (Internet das Coisas). O livro-razão descentralizado e imutável do Monero oferece proteção robusta contra violações de dados e ataques cibernéticos. Na IoT, o blockchain do Monero pode facilitar a troca segura de dados e a autenticação de dispositivos, garantindo a integridade e a privacidade dos ecossistemas IoT.

A Tokenomia do XMR

Monero XMR visa manter a escassez e promover a valorização de valor como o Bitcoin. Com um fornecimento total limitado de aproximadamente 18,4 milhões de moedas XMR, semelhante ao Bitcoin, o Monero visa prevenir a inflação, contribuindo potencialmente para a valorização sustentada do valor no longo prazo.

Monero se esforça para incentivar os mineradores e manter a segurança da rede. Utilizando um mecanismo de consenso de Prova de Trabalho (PoW), Monero depende de mineradores para proteger a rede. Inicialmente, a taxa de emissão de XMR era alta, mas diminuiu gradualmente ao longo do tempo. Atualmente, com uma recompensa de bloco de 0,6 XMR por bloco a partir de 2022, Monero introduz uma “emissão de cauda” para sustentar os incentivos contínuos aos mineradores.

Tokenomia XMR

Conclusão

A tecnologia blockchain do Monero possui imenso potencial para transformar vários setores, fornecendo uma plataforma segura, privada e transparente para a realização de transações e gerenciamento de dados.

Com foco no anonimato e na confidencialidade, Monero oferece uma solução versátil para empresas que buscam aumentar a privacidade, segurança e eficiência em diversos setores. À medida que a adoção da tecnologia blockchain continua a crescer, as aplicações potenciais do Monero são ilimitadas, abrindo caminho para um futuro mais seguro e descentralizado.

Imagem em destaque de Dall.E

Isenção de responsabilidade: o artigo é fornecido apenas para fins educacionais. Não representa a opinião do NewsBTC sobre comprar, vender ou manter quaisquer investimentos e, naturalmente, investir acarreta riscos. Aconselhamos que você conduza sua própria pesquisa antes de tomar qualquer decisão de investimento. Use as informações fornecidas neste site por sua conta e risco.

Fonte

Leave a Comment