Novogratz considera o BTC como um depósito de valor e não como uma forma de pagamento

0 85
Diretor executivo da Galaxy Digital teme que o caos se instale à medida que o Bitcoin aumente, e o dólar dos EUA diminua.

O Diretor Executivo da Galaxy Digital, Mike Novogratz, advertiu que o caos vai se instalar à medida que o Bitcoin continuar com sua tendência de alta e o dólar cair. O ex-gerente do fundo de investimento fez as observações ontem em uma entrevista na Bloomberg Markets onde ele se aprofundou em criptomoedas e outros bens virtuais.

“Eu não quero ver o mundo desmoronar. Não quero ver as curvas de juros se acentuarem como loucos e o dólar vender muito, e os foguetes do Bitcoin […] porque vai ser um caos total nas ruas, mas é isso que estamos observando”, disse o financiador.

Novogratz também estimou que 1% da riqueza global total seria alocado em criptomoedas até o final do ano. Atualmente, a riqueza dos EUA está entre os 130 trilhões e os 140 trilhões de dólares, enquanto a riqueza global fica nos 400 trilhões de dólares. A projeção chega apenas uma semana após a capitalização total combinada de mercado de todos os ativos criptográficos eclipsar a marca dos 2 trilhões de dólares.

Abordou os desenvolvimentos em torno de tokens não-fungíveis e como as pessoas estavam se movimentando para injetar fundos neles. Comparou os investimentos que estavam sendo feitos neles com aqueles feitos anteriormente em outros ativos digitais.

“Eles aprendem sobre Bitcoin, eles ganham dinheiro […] Eles aprendem sobre o projeto Ethereum, eles começam a colocar algumas fichas lá, e agora estão colocando dinheiro em NFTs, estão colocando dinheiro em Finanças Descentralizadas (DeFi), e em todo o ecossistema.”

O próprio Novogratz é dono de duas moedas principais – Bitcoin e Ether. No passado, já apoiou também alguns projetos de DeFi, incluindo o Aave e o Chainlink. Sobre a principal criptomoeda, o fundador da Galaxy Digital disse que não estava convencido de que ela se tornaria um método de pagamento universalmente aceito. Descartou a possibilidade de que o Bitcoin fosse usado para fazer compras. No entanto, reconheceu que é ideal como uma cobertura contra a inflação.

“Não creio que Bitcoin vá ser usado para comprar sapatos, ou, você sabe, óculos de sol ou Coca-Cola.”

Novogratz acredita que os ativos virtuais que podem ser usados como métodos de pagamento são moedas digitais apoiadas por bancos centrais ou stablecoins (moedas estáveis). Previu até mesmo uma guerra entre os dois, já que lutam para superar um ao outro como forma de pagamento.

Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: