Economista diz que não haverá novas altas nos preços de criptmoedas em 2018.

Economista diz que não há novas elevações nos preços de criptmoedas em 2018.

Economista afirma em meio a uma conversa sobre o aumento dos preços das criptomoedas, que não acredita em nenhuma valorização exponencial no segundo semestre de 2018, nos preços das criptomoedas. Já um dos comentaristas mais antigos do setor disse que não acredita que este ano haverá novos máximos históricos.

Um economista lembrou-se.

Um economista lembrou que em 17 de Dezembro de 2017, o preço do bitcoin atingiu seu recorde histórico de 20.000 dólares (R$ 72.000). Depois disso, o mundo assistiu a uma correção profunda da moeda. Em menos de dois meses, em 6 Fevereiro de 2018, o preço do líder do mercado de criptomoedas caiu para 6.000 dólares (cerca de R$ 21.600).

“Segundo nossa opinião, o preço atual do Bitcoin é determinado por tais fatores como a implementação de legislação mundial no âmbito digital, a demanda e a oferta e a dificuldade do processo de mineração [de criptomoedas]. É provável que o valor do Bitcoin aumente em 2018. O crescimento estará relacionado com a introdução da regulamentação relativa a ativos digitais a nível internacional, o que aumentará a confiança dos investidores nas criptomoedas em geral”, explicou a analista.

Em uma previsão e análise em 2 de Agosto, o economista e investidor Tuur Demeester disse que 2018 provavelmente cumpriria o papel de um “bear market” nos mercados de Bitcoin e altcoin.

“… Para 2018, vemos um potencial mais lateral e negativo no preço do Bitcoin devido à fraca demanda de varejo, hesitação das instituições e um valor de mercado atual que parece alto demais em relação à atividade on-chain”, resumiu.

Apesar dos preços do Bitcoin caírem para 70% contra os recordes anteriores em torno de US $ 20.000 em Dezembro de 2017, os meses recentes viram várias previsões de alta de curto prazo aparecerem de fontes financeiras envolvidas no espaço de criptomoeda.

Tanto indivíduos como Tom Lee e pesquisas de opinião mais ampla, apontaram para uma crença de que o BTC / USD $ 6362.84 terminará este ano em torno da marca de $ 20.000 ou mais.

Balanceamento no preço das criptomoedas.

Para Demeester, no entanto, a atual paisagem global não suporta tais teorias.

“Acreditamos que o mercado provavelmente precisará de mais tempo para absorver a recente alta de 30 meses, o que poderia produzir preços mais baixos”, continuou ele.

Nós não prevemos novas altas de todos os tempos no Bitcoin para 2018 e a menos que os dados comecem a sugerir de forma diferente, estamos esperando na maioria das vezes, uma ação de preço menor ou lateral.

A peça surgiu apenas um dia antes da Intercontinental Exchange, dona da Bolsa de Valores de Nova York, anunciar que lançaria uma plataforma de ativos digitais regulamentados em Novembro.

A revelação serviu para alimentar ainda mais o otimismo sobre o Bitcoin, que já havia começado a cair dos recentes máximos em torno de US $ 8450 no final de Julho.

Brian Kelly

Apresentador e gestor de investimentos Brian Kelly até mesmo chamado o movimento do “evento do ano” para Bitcoin, mesmo assim os mercados parecem não reagir, os preços continuam a cair abaixo de US $ 7000 desde então.

Sobre o assunto de um ETF Bitcoin, Demeester também adotou uma visão pragmática, dizendo que era “improvável” que os reguladores aprovassem o instrumento antes de 2019, mas reconhecendo seu impacto potencial.

“Uma aprovação do ETF do Bitcoin, mesmo que seja atrasada, seria um grande negócio, porque torna o ativo extremamente acessível para o investidor de varejo. Depois que o primeiro ETF de ouro foi lançado em 2004, o preço do ouro subiu 350% (e ainda é 200% maior hoje)”, observou ele.

Quanto às outras criptomoedas, seu código é baseado no do Bitcoin e por isso, seu valor seguirá a mesma tendência de preço do Bitcoin.

Fabio Arruda

About Fabio Arruda

Administrador e escritor do site É TopSaber, produtor e pesquisador de criptomoedas para levar a melhor notícias até você.

View all posts by Fabio Arruda →

Deixe o que achou sobre essa informação