Parceria entre Diginex e Symbioses pode trazer mais lucros em mineração de criptomoedas.

Parceria entre Diginex e Symbioses

Diginex e Symbioses, ambas são empresas que pretendem criar uma rede de supercomputadores que “rastreiem automaticamente as condições de mercado de criptografia para usar as informações disponíveis do mercado”, para determinar quais criptomoedas devem ser adquiridas para obterem os melhores lucros.

Diginex e Symbioses querem aumentar os Lucros de Mineração.

A Diginex, uma plataforma de Blockchain e serviços digitais, assinou um Memorando de Entendimento (MoU) com a empresa de soluções de computação em nuvem descentralizada baseada na Suíça, a Symbioses SA, em 3 de Setembro de 2018.

Ambas as partes terão por objetivo desenvolver criptomoedas e processos de mineração, utilizando a infra-estrutura da Diginex, tecnologia proprietária de livro distribuído (DLT). A plataforma Diginex também será usada para “verificar a base técnica para a implantação de aplicativos de Computação de Alta Performance (HPC)”.

De acordo com o comunicado de imprensa publicado pela Diginex, a startup blockchain irá instalar aproximadamente 2.500 nós (20.000 GPUs) em um grande data center na Europa, para “realizar uma mineração de criptomoeda otimizada”. Todos os nós se conectarão à rede Symbioses, que foi projetado para usar com eficácia o poder de processamento das GPUs para minerar as criptomoedas mais lucrativas.

O lucro atual da mineração.

Conforme descrito no comunicado à imprensa da Diginex, a rede Symbioses “selecionará automaticamente as condições de mercado e usará as informações disponíveis no mercado”, para determinar quais criptomoedas devem ser mineradas “naquele momento”.

As aplicações HPC “complexas” da Symbioses são projetadas para aumentar “o lucro atual de mineração exponencialmente”. Além disso, o anúncio explicou que tanto a Diginex quanto a Symbioses planejam “testar e verificar a base técnica para a implementação de simulações científicas, implantação e renderização de fluxo de tensor”. O TensorFlow é uma biblioteca de código aberto amplamente usada para cálculos numéricos.

O mercado de HPC, segundo a Diginex, deverá crescer para US $ 44 bilhões até 2020 e “espera-se que o fornecimento de HPC na nuvem seja um dos segmentos de crescimento mais rápido”.

Planeja trabalhar de forma cooperativa.

Para explorar essa indústria emergente, a Diginex planeja trabalhar de forma cooperativa com a Symbioses “para otimizar a mineração de criptomoedas e a HPC de maneira automatizada”.

O CEO da Diginex, Richard Byworth, comentou:

“Acreditamos na promoção do desenvolvimento de plataformas que atendam à nova onda de demanda de supercomputação. Estamos entusiasmados por fazer parceria com a equipe Symbioses, que passou os últimos quatro anos desenvolvendo uma aplicação automatizada e centrada no cliente, com o objetivo de reduzir as barreiras de entrada desta tecnologia”.

Richard Byworth.

Enquanto isso, o fundador e CEO da Symbioses, Lucas Figueroa, disse que a parceria estratégica de sua empresa com a Diginex tem um grande potencial porque:

“É uma empresa que tem… o know-how técnico… [e] valoriza os mais altos níveis de serviço ao cliente. Isso acontece em um momento oportuno, já que a demanda por soluções confiáveis ​​e fáceis de usar deve aumentar exponencialmente”.

Lucas Figueroa.

Facebook Comments

Fabio Arruda

About Fabio Arruda

Administrador e escritor do site É TopSaber, produtor e pesquisador de criptomoedas para levar a melhor notícias até você.

View all posts by Fabio Arruda →

Deixe o que achou sobre essa informação