Banco suíço “Maerki Baumann” decidiu abraçar a criptografia.

Banco suíço Maerki Baumann decidiu abraçar a criptografia

O Maerki Baumann & Co. AG foi fundado em 1932 em Zurique. O banco pertence à Maerki Baumann Holding. O Maerki Baumann & Co. AG é detido em 95% pela família Syz. A segunda geração da família lidera a empresa. O Maerki Baumann opera principalmente na Suíça. Uma pequena parte do negócio é feita na Alemanha.

O banco privado é especializado em gestão de ativos e é familiar há 80 anos, com uma administração estimada de mais de 7 bilhões de francos suíços.

O banco anunciou que administrará os ativos de criptomoeda de seus clientes. Isso faz com que seja o segundo banco suíço a fazer tal anúncio, seguindo o Hypothekarbank Lenzburg (Hypi), que declarou em Junho que abriria contas de negócios para empresas de criptomoeda.

O banco, que tem sua sede em Zurique, aceitará ativos de criptomoeda, ganhos com a mineração criptografada, bem como o pagamento de serviços. O banco teria decidido por causa das crescentes demandas do mercado e do aumento das moedas digitais.

De acordo com sua declaração, o banco “monitora de perto o desenvolvimento” da criptografia, como um veículo de investimento e sua “regulação subjacente”, observando:

“No momento, vemos as moedas digitais como um veículo alternativo de investimento. No entanto, temos dados e experiência limitados no controle da volatilidade e dos volumes de negociação”.

Leonardo

About Leonardo

Escritor do site É TopSaber , em busca de levar as melhores notícias do mundo para você.

View all posts by Leonardo →

Deixe o que achou sobre essa informação