Acordo de exclusividade sobre domínios da Ethereum.

A MMX, uma operadora líder de serviços de domínio da Internet, está configurada para permitir que o Ethereum Name Service (ENS) obtenha um “domínio de nível superior”. Todos os ativos da Ethereum e qualquer “item ou serviço de suporte” será facilmente identificável com o novo serviço.

MMX domínios de alto nível.

A Minds + Machines Group Limited (MMX), proprietária dos novos domínios genéricos de primeiro nível (gTLDs) da Internet, anunciou recentemente que se comprometeu com um “acordo exclusivo” que permitirá à Ethereum Name Service (ENS) adquirir uma domínio de nível .luxe.

Pelo acordo, a ENS será “integrada aos serviços comercializados pelos registradores aos consumidores [da Ethereum]”. Isso significa que os consumidores terão a opção de registrar seus sites ou serviços relacionados à Ethereum em um dos “em breve lançados” domínios da MMX de alto nível “.luxe” (abreviação de “Let U Xchange Easily”).

Notavelmente, a extensão .luxe foi recentemente aprovada pela Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (ICANN), uma organização sem fins lucrativos que gerencia os namespaces da Internet.

Todos os ativos da Ethereum e notas da MMX, estão vinculados.

Em seu comunicado à imprensa em 3 de Agosto, a MMX também revelou que a extensão .luxe, em breve começará suas fases de pré-lançamento e depois será colocada à venda para o público no final de Outubro de 2018.

Além disso, os sites que usarão a extensão .luxe terão a possibilidade de associar seu nome de domínio ao blockchain da Ethereum, além de seus produtos e serviços relacionados, como contratos inteligentes, aplicativos descentralizados (DApps) e armazenamento distribuído.

Todos os ativos da Ethereum e notas da MMX, estão vinculados a uma única hash de 40 caracteres e esses identificadores de hash serão vinculados a nomes de domínio fáceis de usar ou “memoráveis”, selecionados pelos usuários. Desta forma, qualquer “item ou serviço que suporte o Ethereum ”, é facilmente identificável.

Atualmente, há bem mais de 26 milhões de carteiras de criptomoedas sendo usadas ativamente, observou a MMX. Para transferir tokens Ether ou ERC-20 de um para outro, os usuários precisam trabalhar com sequências hash complexas de 40 caracteres.

A MMX está comprometida em trabalhar com a ICANN.

Usando o serviço .luxe, os destinatários do Ether terão apenas que compartilhar sua palavra .luxe simples baseada em Blockchain, que estaria vinculada à sua carteira de criptografia, explica a MMX. Por exemplo, John.luxe pode ser usado em vez de algo como 0x314159265dd8dbb310642f98f50c066173c1259b. A MMX afirmou ainda que provavelmente haverá um mercado “significativo” para o serviço .luxe, que incluiria provedores de criptografia, desenvolvedores de contratos inteligentes e DApps.

Quando o serviço .luxe ENS for lançado, ele oferecerá suporte para a maioria das carteiras usadas pelos usuários da Ethereum. A extensão .luxe permitirá que as palavras fáceis de lembrar associadas às carteiras criptográficas “resolvam pela internet da maneira normal o tráfego baseado em e mail e na web”. Isso permitirá que os usuários se engajem em suas atividades normais na Internet, capaz de usar um identificador simples para seus ativos e serviços baseados no Ethereum.

O CEO da MMX, Toby Hall declarou:

A MMX está comprometida em trabalhar com a ICANN e os principais parceiros de tecnologia para garantir que os nomes de domínio continuem a ter relevância real para empreendedores, desenvolvedores e usuários finais no século XXI. Nós já sabemos do teste da Ethereum em sua zona não autorizada da ICANN que existe uma demanda real comprovada por identificadores baseados em palavras que são Blockchain habilitados, com o ENS tendo recebido depósitos de mais de $ 28 milhões em aproximadamente e 300.000 palavras de sete caracteres.

Toby Hall.

Facebook Comments

Fabio Arruda

About Fabio Arruda

Administrador e escritor do site É TopSaber, produtor e pesquisador de criptomoedas para levar a melhor notícias até você.

View all posts by Fabio Arruda →

Deixe o que achou sobre essa informação