ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Nikki Haley chama Trump de “perturbado” e desafia-o para um debate

Tagreuters.com2023binary Lynxmpejas00t Filedimage E1706423859504.jpg

Compartilhe:

A ex-governadora da Carolina do Sul Nikki Haley, a última desafiante republicana do ex-presidente Donald J. Trump, fez campanha em seu estado natal no sábado (27), onde mirou em Trump, cujas primárias consecutivas vencidas em Iowa e New Hampshire Ele praticamente garantiu a nomeação de seu partido para a Casa Branca, mas o enfureceu porque Haley se recusou a desistir.

Trump e os seus aliados iniciaram uma campanha para forçar Haley a sair da corrida e Trump ameaçou banir a sua órbita política de quaisquer doadores que continuem a financiar Haley.

“Na noite da eleição, estávamos superdos acesos. Avançamos 25 pontos nas três semanas que antecederam a eleição. E Donald Trump estava totalmente perturbado, perturbado. Ele foi um pouco sensível e acho que seus sentimentos foram feridos quando ele teve um ataque de raiva no palco, sério, teve um ataque de raiva total e estava falando sobre vingança”, disse Haley em comício.

Em resposta, disse Haley, sua campanha começou a vender camisetas que diziam “barrado permanentemente”, ou que ela disse ter arrecadado US$ 1,6 milhão.

Nos últimos dias, Haley acusou o ex-presidente republicano Trump de estar confuso e questionou sua capacidade de ser presidente na sua idade. Trump cometeu recentemente alguns deslizes verbais.

Durante um discurso em 19 de janeiro, ele confundiu Haley com a ex-presidente democrata da Câmara, Nancy Pelosi. Ocasionalmente, ele parecia falar mal e também sugeria que o ex-presidente democrata Barack Obama ainda estava no cargo.

No começo, Haley disse novamente que Trump recentemente parecia “confuso” e disse que se ele quiser fazer um teste cognitivo, deveria debater com ela. Trump decidiu participar de qualquer um dos debates de nomeação republicana e recusou-se a debater com Haley.

Haley prometeu continuar fazendo campanha na Carolina do Sul e além. As primárias republicanas na Carolina do Sul serão realizadas em 24 de fevereiro.

(Produzido por Arlene Eiras)

Fonte

Leave a Comment