ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

MP do Rio solicita que Petrópolis providencie abrigo adequado para pessoas afetadas pela chuva

Whatsapp Image 2024 03 22 At 17.37.40 E1711413093561.jpeg

Compartilhe:

A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Petrópolis solicita, com urgência, que a Justiça determine que a cidade providencie, em até 48 horas, local adequado e seguro como abrigo temporário das famílias que estão alojadas na Escola Alto Dependência após perderem suas casas por conta das chuvas que atingiram a região desde a última quinta-feira (21).

Cerca de 27 famílias estão abrigadas na Escola Alto Independência e 28 no Abrigo Santa Isabel, no bairro Caxambu, segundo o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

O pedido esclarece que, mesmo as escolas que funcionam como pontos de apoio em casos de desastres, as instituições não possuem condições de se tornarem abrigos provisórios. Isso porque a unidade escolar é incapaz de garantir a dignidade e a proteção social das pessoas, e ainda pode comprometer o ano letivo dos estudantes.

Com relação ao abrigo de Caxambu, que tem capacidade para 154 pessoas, já conta com 92 abrigados. Outros abrigos previstos no plano, como um no Retiro e um prédio de Floriano Peixoto, ou se localizam longe do foco central, que é o bairro da Independência, ou não estão preparados para o uso imediato.

Desde o início das chuvas na quinta-feira, a Defesa Civil de Petrópolis já registrou 944 ocorrências, sendo 580 penetrações. Ainda assim, os pontos de apoio nas regiões do segundo, terceiro, quarto e quinto distritos da cidade foram desmobilizados por conta dos baixos acumulados pluviométricos registrados.

As aulas na rede municipal de ensino continuam suspensas na Escola Municipal Alto Independência nesta terça-feira (26). As outras unidades escolares da rede municipal funcionarão normalmente.

Para as próximas horas, Petrópolis tem previsão de céu nublado a encoberto, podendo haver registro de chuva moderada.

Fonte

Leave a Comment