Mineradoras do Filecoin entram em greve 24 horas após o lançamento do ativo

0 359

Logo após o lançamento do Filecoin ($FIL), a maioria de seus mineradores decidiram entrar em greve. De acordo com os mineradores, esse protesto ocorre, pois, eles precisam comprar o ativo digital para que possam minerar. Além disso, Filecoin se mostra muito complexo. É preciso um hardware de ponta e uma memória de 128 GB para sua mineração.

O grande problema e suas consequências

Conforme observado por um dos 10 maiores polos de mineração do Filecoin, o 6Block, 1 minerador requer 3 servidores com 2 máquinas de computação e 1 máquina de armazenamento. Outro dado apontado é que os preços de varejo dos mesmos variam de US$20.000 a US$40.000.

O que também torna um fator preocupante para a altcoin é que mesmo com 2 servidores de computação, um minerador pode selar apenas 1 TB / dia para cada 336 TB de armazenamento. Ademais, pode levar entre 210 a 350 dias para minerar com todo o espaço.

O minerador também precisa fazer o staking de $FIL como prova de garantia de espaço fornecido. Contudo, ninguém possui ainda o ativo para começar a minerar e obtê-lo.

Agora, um minerador que selou 50 TB durante o lançamento da mainnet e estava selando 1 TB / dia precisa de 5FIL / TB como garantia para continuar aumentando, até atingir a capacidade total. As recompensas de mineração atuais são de cerca de 0,25-0,27 FIL por dia investido em 180 dias. Isso deixa o trabalhador da rede em questão com 0,075 FIL por dia. Ou seja, se a mineradora não comprar $FIL, ela não conseguirá aumentar sua capacidade total.

Além disso, os dados de capacidade total da rede mostraram que 4200 PiB foram instalados, totalizando US$240 milhões em hardware, pronto no momento do lançamento da mainnet. Sendo assim, esse foi o valor total que os mineradores realmente investiram.

De acordo com os dados da Filfox, o crescimento diário de energia para muitas das principais mineradoras é atualmente 0, pois elas simplesmente pararam de adicionar mais capacidade.

Qual seria a solução?

A equipe do Filecoin pretendia resolver isto com a sua rede de calibração que serviu como testnet final e incluiu uma “corrida espacial”. Ela veio com o intuito de recompensar os primeiros mineradores que investiram em hardware caro, assumindo todos os riscos com US$1,5 milhões distribuídos, mas garantidos durante 540 dias.

Além disso, outra proposta de melhoria foi sugerida. Os mineradores ganhariam 6 FIL por dia, dos quais eles ainda seriam obrigados a travar 5 FIL para aumentar a capacidade, deixando-os com apenas 1 FIL por 20k de hardware. Será que alguma dessas medidas podem fazer com que o ativo continue com vida ou será apenas para mais um Exit Scam?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.