É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Mineração de Bitcoin e Altcoins vale a pena no Brasil?

Compartilhe:

Minerar bitcoin cresceu muito nos últimos anos. O ato de validar transações em rede, comumente conhecido como minerar, se dá pelos agentes que “alugam” o poder computacional de seu computador. Os agentes não são fixos, dado que a Blockchain é descentralizada e não possui um intermediador pré-definido. A mineração hoje tem muitas preocupações pertinentes, tal como o equipamento escolhido e a forma de aquisição – talvez o parcelamento na compra da máquina possa tornar o processo não-lucrativo.
 
Ainda sobre o processo de mineração, quando tratamos dos custos de mineração, é importante ressaltar que não é qualquer máquina que levará a mineração do Bitcoin.No Brasil, a mineração de Altcoin, é mais adequada, principalmente quando tratamos da Ethereum. A Ethereum pode ser minerada até por um computador game e a análise de lucratividade pode ser comparada com o gasto de energia. Além do gastos de energia, o perfil do minerador precisa estar voltado uma posição “não-escalonada”, para evitar frustrações financeiras dependendo do sentimento do mercado.
 
A Ethereum não é a única altcoin a ser minerada. Ao escolher a criptomoeda que será minerada, o indivíduo poderá utilizar ferramentas disponíveis em vários websites que te ajudam a analisar qual a criptomoeda mais rentável para minerar. A rentabilidade não é o único fator a ser analisado, algumas criptomoedas até compensam mais, em dólares, no que se trata de mineração, mas o custo energético acaba sendo maior.
 
A mineração no Brasil nos atuais tempos, parece um sonho muito difícil de se alcançar. O rendimento atual, diferente do que era no passado, chega a 2%, dependendo do tipo de energia a ser utilizada.
 
Todas essas informações estarão em peso no MINERCONF, o primeiro encontro brasileiro de Mineradores de Criptomoedas. Este evento conta com a presença dos mais diversos tipos de perfis de investidores e mineradores do Brasil e buscará discutir como superar as adversidades do atual mercado de criptomoedas. Saiba mais clicando aqui.
 
Toda essa discussão foi centro da conversa no Debate Descentralizado, onde o episódio pode ser acessado clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.