Marina Silva usa Blocklchain em plataforma de doação eleitoral.

0 257

A pré-candidata à Presidência da República pela REDE Sustentabilidade, Marina Silva, é a primeira presidenciável a utilizar Blockchain em sua plataforma de financiamento coletivo para assegurar a transparência das doações.

Blockchain é uma tecnologia que permite a confiabilidade de dados virtuais. Considerada a mais segura do mundo atualmente, foi desenvolvida a princípio para permitir a segurança nas transações utilizando criptomoedas, como o Bitcoin, por exemplo.

A iniciativa de Marina Silva e de sua plataforma de financiamento coletivo, Voto Legal, dão um recado claro aos eleitores e demais candidatos: que as suas doações são completamente transparentes e rastreáveis. Comprovando, na prática, seu discurso de combate à corrupção eleitoral.

A candidata usará a plataforma Voto Legal, que faz uso da tecnologia da Decred para efetuar os registros.

A Voto Legal é uma plataforma de software livre homologada pelo TSE e a campanha da candidata é pioneira entre as de possíveis candidatos à presidência do Brasil de 2018 a utilizar registro em Blockchain, o qual fornece maior segurança e transparência na verificação das doações.

Até o momento, poucos se pronunciaram à respeito das criptomoedas. O pré-candidato do Partido Novo à Presidência da República, João Amoêdodisse que pretende trazer mais concorrência para o mercado dos cartórios, utilizando Blockchain.

A alguns  meses atrás o parlamentar Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Messias Bolsonaro, fez um comentário que sustenta uma posição favorável ao Bitcoin, para ele a uma enorme vantagem no Bitcoin, já que com ele, o governo não tem o poder de manipular a emissão de moeda como faz com o papel-moeda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.