ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Launch Zone interrompe negociação e transferência de token nativo após invasão

Launch Zone Hack.jpg

Compartilhe:

O protocolo DeFi Launch Zone foi hackeado pelo explorador DND em 27 de fevereiro, levando a uma queda catastrófica no valor de seu token LZ nativo.

Inicialmente, o protocolo avisou pessoas a não comprar seu token por enquanto e disse que sua equipe estava lidando com a situação. No entanto, até o momento desta publicação, a Launch Zone parado negociação e transferência de seu token até que possa resolver o problema.

O token caiu de US$ 0,15 para US$ 0,003 antes de se recuperar ligeiramente para US$ 0,026 no momento desta publicação – queda de mais de 80%, de acordo com CryptoSlate dados.

O valor de mercado do token caiu para menos de US$ 40.000, de mais de US$ 1 milhão em questão de horas, quando milhões de LZ foram despejados por meio de DEXs. Até o momento, o valor de mercado do token era de aproximadamente US$ 250.000.

O explorador supostamente drenou mais de 80% do pool de liquidez – enquanto o restante foi causado pelo pânico nas vendas após o crash.

Os dados compartilhados pela Launch Zone mostram que o explorador roubou cerca de US$ 400.000 em LZ e US$ 88.000 em BUSD. No entanto, uma investigação mais aprofundada revelou que o explorador roubou cerca de US$ 700.000 no total, com base em dados de exploradores de blockchain.

Não está claro quantos tokens o hacker conseguiu trocar e transferir antes que o protocolo interrompesse a negociação.

Enquanto isso, Biswap DEX anunciou que irá excluir o token LZ até novo aviso.

A falha do token LZ começou quando alguém despejou 9,88 milhões de tokens LZ no Pancakeswap algumas horas antes da Launch Zone anunciar o hack, de acordo com Alertas PeckShield.

A empresa de análise de blockchain afirmou ainda que o hack LZ fazia parte de um “hack in-the-wild” e pediu às pessoas que revogassem o subsídio para o endereço bsc em questão.

Postado em: Crime, DES, hacks

Fonte

Leave a Comment