ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Influenciador suspeito de homicídio é procurado pela polícia de São Paulo

Imagem 3 1.jpg

Compartilhe:

Os irmãos Deric Elias Costa Silva, 20 anos de idade, e Deivis Elizeu Costa Silva, 18 anos, são procurados pela Polícia Civil de São Paulo por homicídio de um servente de pedreiro. A investigação aponta que o crime foi motivado por vingança — a vítima agrediu o avô dos suspeitos, que faleceu um dia após o crime.

Conhecido como “Nino Abravel”, Devis, acumula mais de 4 milhões de seguidores nas redes sociais, onde exibe uma vida de luxo e manobras “perigosas e ilegais” com motocicletas, segundo entende a polícia. A fama na plataforma foi usada para localizar a vítima, de acordo com a investigação.

Os jovens são suspeitos de matar o pedreiro Tarcísio Gomes da Silva, de 32 anos, no dia 19 do mês passado. Os seguidores dos irmãos alertaram que Tarcísio se deslocaria para o pé nas proximidades do terminal de ônibus de Guarapiranga.

O homem foi encontrado sem vida na Estrada do M'Boi Mirim, na zona Sul de São Paulo, próximo ao terminal. Foram feitos 11 disparos de arma de fogo em direção à vítima, que foram atingidos fatalmente na cabeça, de acordo com o boletim de ocorrência.

Moradores da região relataram aos policiais civis do 11º DP que o pedreiro tentou matar Valdeci Ferreira da Silva, de 70 anos. O idoso contratava os serviços de Tarcísio e era avô dos suspeitos. O idoso morreu na madrugada do dia 20 de maio, no Hospital Municipal do Campo Limpo.

Na noite do crime, os suspeitos foram ao local com outras duas pessoas em um veículo. As imagens de câmeras de segurança mostram que um homem, vestido com um agasalho de moletom com capuz, se aproxima da vítima e efetua os disparos. Ele foi evidenciado como Deric, segundo a polícia.

As imagens também mostram que Deric volta ao veículo, Devis ocupa a direção e a dupla deixa o local, de acordo com o boletim.

“Nino Abravel” completou 18 anos e 8 dias antes do crime — o que é apontado pela polícia pelo fato do jovem compartilhar vídeos emocionantes antes da maior parte nas redes sociais. No Instagram, o influenciador também divulga o “Jogo do Tigrinho”. Na tarde deste sábado (29), sua conta estava ativa na plataforma.

Um dos homens que estava no veículo, Julio Cesar De Souza Alves,, de 23 anos, foi preso no último dia 20, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

As diligências prosseguem pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) visando à localização e prisão dos suspeitos e esclarecimento do crime.

Em nota, a defesa do influenciador afirma que as suspeitas são infundadas e faltam evidências concretas que comprovem algum envolvimento direto ou indireto de Deric no crime. O advogado Felipe Cassimiro Melo de Oliveira argumenta que as imagens da câmera são “nebulosas e inconclusivas” e acredita no arquivamento da investigação.

A defesa ainda se refere à vítima como “assassino em série” por assassinar “brutalmente” o avô dos suspeitos e afirma que Tarcísio Gomes da Silva estava foragido da justiça e tinha um histórico criminal extenso, que inclui casos de estupro, homicídio e feminicídio.

A CNN questionou a SSP sobre os antecedentes da vítima e aguarda retorno.

Fonte

Deixe um comentário