ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

homem em situação de rua é encontrado morto após madrugada fria

Populacao Situacao Rua Sp 01.jpg

Compartilhe:

Um homem de 58 anos em situação de rua foi encontrado morto na manhã do último domingo (14) na região dos Jardins, área nobre de São Paulo. A vítima, identificada como Odair Mesquita dos Santos, estava embaixo de uma passarela.

Representantes de movimentos em defesa da população de rua atribuem a morte de Odair ao frio que visitou a capital paulista durante a noite.

Em nota, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social lamentou a morte de Odair. Segundo a pasta, as equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social realizaram 13 atendimentos sociais à vítima somente em 2023, oferecendo encaminhamentos para os serviços da rede socioassistencial da prefeitura, porém, não houve aceite de acolhimento.

A secretaria afirma ainda que, das 20h de sábado (13) até as 7h de domingo, realizou 641 encaminhamentos aos serviços de acolhimento da rede socioassistencial. A massa diz ainda que distribuiu 3.618 cobertores e 18.848 itens de alimentação, como sopa, pão, chocolate quente, chá e água.

Também questionada sobre a morte do morador de rua, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP) não se pronunciou.

A vítima foi encontrada por assistentes sociais, que chamaram o serviço do Samu e a Polícia Militar. O corpo foi cuidado ao Instituto Médico Legal (IML).

O laudo que aponta a causa da morte não foi divulgado. Mas, se confirmado o óbito em decorrência do frio, Odair seria a primeira pessoa a morrer em São Paulo, neste ano, em função das baixas temperaturas.

Temperaturas

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) de São Paulo, a capital paulista registrou durante uma madrugada do dia 14 uma temperatura média de 11,6ºC. Na região de Perus, zona norte, os termômetros marcaram 9,1ºC, segundo o centro de gerenciamento; e na divisa de Parelheiros com Capela do Socorro, na zona sul, a estação meteorológica do local chegou a registrar 6,4°C.

Uma imagem de Odair divulgada nas redes sociais por perfis que defendem os direitos das pessoas em situação de rua mostra o homem coberto com algumas mantas e um gorro sobre a cabeça. Pelas fotos, é possível ver que a vítima estava com o corpo bastante fragilizado.

Segundo o xeque Rodrigo Jalloul, que atua em defesa da população de rua junto com o padre Julio Lancellotti, o estado de saúde debilitado de Odair já havia sido informado para a rede assistencial do município.

No primeiro trimestre deste ano, 72,1 mil pedidos foram registrados no Disque 156 da Prefeitura de São Paulo visando atendimento aos moradores de rua. A maioria dos chamados foi feita para o serviço de atendimento social a esse público.

Fonte

Leave a Comment