ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Fumaça de queimada encobre Boa Vista (RR) e prefeitura emitem alerta de danos à saúde

Queimadaroraima.jpg

Compartilhe:

Após o aumento no número de queimadasa Prefeitura de Boa Vista, em Roraima, emitiu um alerta para a população por conta da fumaça que encobre a cidade.

O prefeito Arthur Henrique se reuniu com o Comitê Municipal de Prevenção e Combate às Queimadas. Posteriormente, foi emitida uma série de recomendações à população exposta à fumaça no fim da noite de segunda-feira (25).

Entre as recomendações estão:

  • • Evitar atividades esportivas ao ar livre principalmente as que exigem esforço físico intenso;
  • • Manter-se, se possível, em locais fechados;
  • • Usar máscara quando exposto a fumaça intensa (máscara comum);
  • • Se você estiver em um veículo que disponha de ar condicionado, procure manter janelas fechadas, ar condicionado ligado em intensidade baixa e com o botão de recirculação ativado para evitar a entrada de fumaça. Caso contrário, procure usar máscara dentro do veículo;
  • • Manter boa hidratação, principalmente de grupos de risco como crianças, idosos e com comorbidades;
  • • Não queimar lixo. Sempre que possível, armazene em sacolas para a coleta municipal de vida;
  • • Procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima aos “primeiros” sinais de complicações respiratórias, tosse ou ardência nos olhos.

Segundo a prefeitura, a inalação de fumaça pode causar danos à saúde. No dia 24/03/2024, às 18h10, a concentração de PM 2,5 chegou a 399,2 μg/m3 captados pelos sensores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).

Queimadas

Apenas em fevereiro deste ano, 950 mil hectares foram afetados pelo fogo no Brasil. O número representa um aumento de 410% em relação ao mesmo período de 2023, é o que aponta os dados do Monitor do Fogo, iniciativa da rede MapBiomas Fogo coordenada pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam).

Roraima tem 45% do total de focos de queimadas do país em fevereiro / Jader Souza/AL Roraima

Da área afetada, 79% é de vegetação nativa. Os biomas mais impactados foram a Amazônia e o Cerrado, somando uma área de 750 mil hectares queimados em fevereiro.

Ao todo, em 2024, 1,98 milhão de hectares já foram queimados, o que representa um aumento de 319% em relação aos dois primeiros meses de 2023. Roraima, Pará e Amazonas atingiram 85% de toda a área queimada neste ano no país. Roraima, especificamente, já registrou 1 milhão de hectares queimados em 2024, o que representa 54% de toda a área afetada no Brasil.

“O aumento das queimadas no estado de Roraima está diretamente relacionado ao período de seca que ocorre entre os meses de dezembro e abril, que foi agravado pelas características do El Niño”, explica Felipe Martenexen, pesquisador do Ipam.

O bioma da Amazônia concentrou 93% da área queimada no país no primeiro bimestre de 2024. Apenas em fevereiro, a área queimada no bioma chegou a 898 mil hectares, a maior área afetada no mês desde que o Monitor do Fogo começou a monitorar os incêndios na Amazônia, em 2019.

(Publicado por André Rigue)

Fonte

Leave a Comment