É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Frente fria deve aliviar tempo seco no Sudeste, aponta meteorologista

Compartilhe:

A formação de uma frente fria deve aliviar os efeitos da baixa umidade que afeta partes do Brasil.

No momento, que abrange desde o Paraná, que abrange desde o Paraná e Sudeste, até o interior nordestino da região vem da Amazônia altas temperaturas e tempo seco.

Em entrevista à CNN neste domingo (10), Paula Soares, meteorologista da Climatempo, explicou que esse efeito foi provocado uma grande massa de ar seco que estacionou por vários dias nestes locais.

“A massa era muito forte e bloqueou frentes frias de bloqueio em pelo país. Elas até tentado, mas já eram desviadas para alto mar. Então não teve entrada da chuva, que vem do choque térmico entre uma massa fria e outra quente. Então o frio não chegou por essas regiões”, disse.

Sol, céu azul e clima seco em São Paulo. / ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A partir de uma nova massa que começará, no entanto, começará a ser uma força de trabalho no sul do país, que começará a partir de força de ar seco.

“Essa frente fria começa a se tornar na segunda-feira à noite, na região Sul do Brasil. Na terça-feira, ela já começa a seguir. Então a região Sul já tem destaque para chuva nesse começo de semana, e a queda de temperatura vem na sequência”, conto Paula.

No caso de São Paulo, que, por exemplo, registra umidade de 30% na capital neste domingo (10), o começo da semana ainda será quente.

“Mas na quarta-feira (13) essa frente fria chegará ao Sudeste. Vai chover na quarta, vai fechar o tempo em São Paulo e a temperatura vai cair bem”, afirmou um meteorologista.

“Resumindo, teremos uma melhora na qualidade do ar. Essa toda proteção vai ser, teremos mais umidade e na temperatura, características normais e dispersas para o inverno”, concluiuda.

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.