ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Filha de Fafá de Belém mostra quarto inundado após forte chuva no litoral de SP

quarto-3-fafa-de-belem.jpg

Compartilhe:

Mariana Belém, filha da cantora Fafá de Belémfilmou e divulgou em suas redes sociais o estado do quarto de hotel em que estava hospedado, em São Sebastião (SP), inundado pela forte chuva que consome o litoral paulista neste fim de semana.

Pelas imagens, é possível observar a água móveis subindo e ultrapassando a altura do pé da cama e de alguns. “Não sei como consegui jogar as malas para cima do armário”, escreveu, mostrando a água cobrindo os pés.

“Não desejo a ninguém o desespero de uma situação dessas e o medo de morrer eletrocutado, porque a água dava choque”, disse.

Quarto de Mariana Belém após os estragos causados ​​pela forte chuva que consumiu o litoral paulista neste fim de semana / Divulgação

A filha da cantora estava curtindo o carnaval na cidade litorânea quando foi pega de surpresa pelo mau tempo. Também em vídeo, ela mostrou que todos os carros que estavam estacionados no hotel tiveram perda total.

“Perdi meu carro, saí só de camisola e bolsa com documentos. Perdi tudo, mas não morri eletrocutada nem afogada. Material se recupera”, afirmou.

Carros que estavam estacionados no hotel em que Mariana Belém estava hospedada, em São Sebastião (SP) / Divulgação

“Começamos a ir de porta em porta pedindo Wi-Fi. Achamos um hotel que foi generoso em dar um voucher para nós… se chover de novo, o nosso hotel é um lugar onde pode cair calças… Eu não sei dizer para vocês o desespero que é você não saber se vai ser soterrado, se você vai morrer afogado ou se você vai morrer eletrocutado”, acrescentou.

Até o momento, 35 pessoas morreram em São Sebastião devido às consequências causadas pelas fortes chuvas(31 na Barra do Sahy, duas em Juquehy, uma Camburi, uma em Boiçucanga).

As chuvas provocam alagamentos, aberturas em estradas, quedas de árvores, calças de terra e de pedras e destruição de casas em cidades do litoral.

Segundo o Corpo de Bombeiros, 40 estão desaparecidos no litoral de São Paulo. De acordo com o governo do estado, 228 pessoas estão desalojadas e 338 permanecem desabrigadas.

Fonte

Leave a Comment