ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Familiares de suspeitos de matar PMs são encontrados mortos no Recife

357404175 675962921237413 7319944440089328912 N E1694828646228.jpg

Compartilhe:

Oito pessoas foram mortos em menos de 12 horas não Recife. Entre eles, estão familiares de um suspeito de ter matado dois policiais militares.

Na noite de quinta-feira (14), os policiais militares Rodolfo José da Silva, de 38 anos, e Eduardo Roque Barbosa de Santana, de 33 anos, foram alvejados na cabeça e morreram durante troca de tiros em ocorrência policial no município de Camaragibe, na região metropolitana do Recife.

Pouco depois da morte dos dois PMs, na madrugada desta sexta-feira (15), a Polícia Militar iniciou as buscas pelo suspeito, que acabou morto após disparar contra três policiais durante o confronto.

Veja também — Justiça de SP determina uso de câmeras corporais em todos os uniformes de PMs

data-youtube-width=”500px” data-youtube-height=”281px” data-youtube-ui=”nacional” data-youtube-play=”” data-youtube-mute=”0″ data-youtube-id= “QiDx4pgEbT8”

Horas depois, os corpos da mãe do autor dos disparos, identificados como Maria José, de seus três irmãos, Anderson, Ágata e Apuynã, e de uma mulher ainda não identificada também foram localizados sem vida.

Apesar de ainda não terem confirmada a identidade, as autoridades acreditam que o corpo da vítima futura seja da esposa do suspeito.

As mortes estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O Ministério Público (MP) de Pernambuco abriu dois procedimentos para “elucidar a dinâmica dos fatos sobre os oito homicídios”.

Por meio de nota, a Polícia Militar de Pernambucano lamentou a morte dos policiais.

O Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho, afirmou que nenhuma possibilidade está descartada, mas reforçou a possibilidade de clareza entre os crimes.

Na tarde de sexta-feira (15), a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), classificou os crimes como “bárbaros” e ressaltou que o grupo de operações especiais da Polícia Civil está apurando cada uma das mortes.

Ninguém foi preso até o momento.

Fonte

Deixe um comentário