ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Explorando o futuro dos ativos tokenizados com o Standard Chartered

Standard Chartered Rwa.jpg

Compartilhe:

De acordo com um relatório segundo o Standard Chartered, o mercado de ativos tokenizados do mundo real deve atingir US$ 30,1 trilhões até 2034.

Este crescimento significativo do mercado destaca o papel crescente da tokenização na transformação do comércio e das finanças globais, aumentando a liquidez, a acessibilidade e a eficiência. O relatório enfatiza a mudança em direção à integração de ativos digitais nas finanças tradicionais, refletindo a adoção e a escalabilidade mais amplas da tecnologia blockchain e DeFi formulários.

Kai Fehr, Chefe Global de Comércio, Standard Chartered, comentou,

“Vemos os próximos três anos como uma junção crítica para a tokenização, com ativos de financiamento comercial vindo à tona como uma nova classe de ativos. Para desbloquear essa oportunidade de um trilhão de dólares, a colaboração em toda a indústria entre todas as partes interessadas, de investidores e instituições financeiras a governos e reguladores, é crítica.”

A análise do Standard Chartered enfatiza o impacto transformador da tokenização de ativos de financiamento comercial, que são tradicionalmente subinvestidos, mas oferecem fortes retornos ajustados ao risco e baixas taxas de inadimplência. A tokenização permite propriedade fracionada, eficiência operacional e infraestrutura de mercado financeiro aprimorada, o que os analistas afirmam que desbloqueará novas oportunidades para investidores e ajudará a preencher a lacuna de financiamento comercial global de US$ 2,5 trilhões.

O relatório destaca que a evolução da tokenização tem sido rápida, com marcos significativos como a introdução do Bitcoin em 2009 e do Ethereum em 2015, que trouxeram contratos inteligentes e aplicativos descentralizados para o ecossistema financeiro. Ele cita ainda, estruturas regulatórias e colaborações da indústria, como Guardião do Projeto, liderados pela Autoridade Monetária de Cingapura, demonstraram ainda mais a viabilidade e os benefícios dos ativos tokenizados.

À medida que o mercado de ativos tokenizados se expande, a Standard Charter espera que a demanda aumente, com projeções indicando que 69% das empresas do buy-side planejam investir em ativos tokenizados até 2024. Esse interesse crescente é motivado pelo potencial de redução de custos de transação, maior liquidez e acesso a novas classes de ativos. Apesar do tamanho atual do mercado de ativos tokenizados do mundo real ser de cerca de US$ 5 bilhões, excluindo stablecoins, o potencial mercado endereçável, incluindo lacunas de financiamento comercial, é estimado em US$ 14 trilhões.

Relatório do Standard Chartered sobre ativos tokenizados

As iniciativas do Standard Chartered, como o piloto bem-sucedido de tokens de segurança lastreados em ativos no Blockchain Ethereumdestacam as aplicações práticas da tokenização na melhoria do acesso ao mercado e da eficiência operacional. O relatório defende uma colaboração maior entre instituições financeiras, reguladores e provedores de tecnologia para criar um ambiente de suporte à tokenização, enfatizando a necessidade de processos padronizados, conformidade regulatória e interoperabilidade.

O relatório conclui que o setor financeiro está em um momento crítico, com a tokenização pronta para revolucionar a gestão de ativos, o financiamento comercial e as atividades econômicas globais. Ao adotar a tokenização, o Standard Chartered acredita que as partes interessadas podem aumentar a eficiência do capital, ampliar o acesso ao mercado e impulsionar a inovação, abrindo caminho para um ecossistema financeiro mais inclusivo e resiliente.

Fonte

Deixe um comentário