É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Explorador da Mango Markets enfrenta novo conjunto de acusações da CFTC

mango-market.jpg

Compartilhe:

O explorador da Mango Markets, Avraham Eisenberg, está enfrentando mais uma série de acusações, conforme descrito em uma queixa apresentada pela CFTC em 9 de janeiro.

Nessa denúncia, a Commodity Futures Trading Commission (CFTC) alega que Eisenberg manipulou o preço dos swaps na plataforma DeFi Mango Markets. Ao se envolver em inflação artificial de preços, Eisenberg supostamente conseguiu roubar mais de US$ 100 milhões em criptoativos da plataforma.

A maioria desses fatos é de conhecimento público desde que Eisenberg explorou inicialmente a Mango Markets em outubro de 2022. Naquela época, Eisenberg admitido para executar as ações alegadas, mas defendeu suas ações como legítimas.

A CFTC disse que, por meio de suas atividades, Eisenberg “se envolveu, está se envolvendo ou está prestes a se envolver em atos e práticas fraudulentas e manipuladoras” em violação de várias seções dos regulamentos de commodities dos EUA.

O regulador também disse que é provável que Eisenberg continue ofendendo, a menos que seja contido e proibido – isto é, proibido de se envolver em certas atividades. O regulador pretende colocar Eisenberg em conformidade com a lei, obter várias multas e penalidades e impor uma proibição de negociação, entre outras coisas.

Eisenberg foi preso anteriormente em 27 de dezembro já que o Distrito Sul de Nova York (SDNY) apresentou várias acusações contra ele.

A CFTC aludiu a esse desenvolvimento em sua reclamação hoje, pois afirmou que Eisenberg está atualmente sob custódia federal por causa do caso pendente do SDNY. Ele observou que Eisenberg “nunca foi registrado” na CFTC.

O caso se desenvolveu ainda mais em 5 de janeiro, quando um tribunal ordenou a detenção de Eisenberg sobre preocupações de que ele poderia tentar fugir antes do final do processo. Não está claro quando o caso (ou casos) de Eisenberg será concluído.

Postado em: solana, NÓS, hacks

Leia nosso último relatório de mercado

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *