Ethereum: Quantstamp diz que a Ethereum 2.0 está pronta para o lançamento.

0 533

O lançamento do contrato de depósito foi anunciado para 6 de novembro, segundo post do analista Adam Cochran. Esta primeira fase iniciará a implantação do Beacon Chain, o blockchain no qual Ethereum operará quando migrar seu protocolo de consenso de Prova de Trabalho (PoW) para Prova de Participação (PoS).

“Ethereum 2.0 está a caminho de entregar a Fase 0 em um futuro muito próximo”, disse o CEO da Quantstamp, Richard Ma.

Auditoria de cliente da Ethereum 2.0

O desenvolvedor do Ethereum, Ben Edgington, compartilhou por meio de sua conta no Twitter que a empresa Quantstamp concluiu sua auditoria do cliente do Ethereum 2.0, Teku. De acordo com os resultados, o Ethereum 2.0 está pronto para ser lançado.

Além disso, a empresa de auditoria indicou que a base de código do cliente é “da ​​mais alta qualidade”. O desenvolvedor Afri Schoedon concordou com os resultados da Quantstamp e também acredita que a atualização está pronta para ser lançada.

De acordo com seu site, a Quantstamp é uma das empresas líderes em segurança de blockchain. Eles já auditaram clientes no Ethereum, Hyperledger, Binance Chain, EOS, Polkadot, entre outros.

Auditoria do cliente Teku

Teku é um cliente completo da Ethereum 2.0 projetado pela ConsenSys para “atender às necessidades institucionais e requisitos de segurança”. Foi construído com a linguagem de programação Java pela equipe que também desenvolveu o cliente Besu. Objetivo da Teku: levar serviços de staking ao setor empresarial.

No entanto, na publicação de Cochran, o contrato de depósito deveria ter sido publicado no dia 23 de outubro. O analista indicou que o atraso no lançamento foi de “última hora”. Aparentemente, um dos componentes da atualização exigiu mais testes.

Fase 0 da Ethereum 2.0

Assim que a comunidade Ethereum atingir um certo nível de consenso social em relação a estabilidade do lançamento, o Contrato de Depósito será publicado na ETH 1.0. A função do Contrato de Depósito é coletar participações de validadores da ETH 2.0 em potencial para que eles sejam elegíveis para validar dados na Beacon Chain. Uma vez que uma quantidade predeterminada de ETH tenha sido depositada, o Beacon Chain será ativado e blocos serão produzidos.

O lançamento do Beacon Chain marcará o fim da Fase 0. Depois que o Beacon Chain for lançado, as cadeias ETH 1.0 e 2.0 existirão em paralelo por um tempo. ETH 1.0 eventualmente se tornará a Shard Chain no sistema ETH 2.0.

Fases da Ethereum 2.0

A Ethereum 2.0 está planejado para ser implementado em pelo menos três fases: Fase 0, 1 e 2. A Fase 0 está planejada para ser lançada em 2020, com as Fases 1 e 2 para serem lançadas nos anos seguintes.

Fase 0: Na primeira fase do Ethereum 2.0, o “Beacon Chain” será implementado. A Beacon Chain armazena e gerencia o registro de validadores e implementa o mecanismo de consenso de Prova de Participação (PoS) para a Ethereum 2.0. A corrente Ethereum PoW original continuará a funcionar ao lado da nova corrente Ethereum PoS, garantindo que não haja interrupção na continuidade dos dados.

Fase 1: A segunda fase da Ethereum 2.0 provavelmente será lançada em 2021. A principal melhoria da Fase 1 é a integração das blockchain por sharding. Blockchains de shard são um mecanismo de escalabilidade no qual a blockchain Ethereum é “dividida” em 64 blockchain diferentes, o que permite transações paralelas, armazenamento e processamento de informações. Em sua estimativa mais conservadora, ele permitirá uma taxa de transferência 64 vezes a mais do que o Ethereum 1.0, mas foi projetado para ser capaz de lidar com centenas de vezes mais dados do que o Ethereum 1.0.

Fase 2: A terceira fase do Ethereum 2.0 provavelmente será lançada em 2021 ou 2022. Esta fase está atualmente menos definida do que as duas fases acima, mas envolverá a adição de contas ether e habilitação de transferências e retiradas, implementação de transferências entre shard e chamadas de contrato, criando ambientes de execução para que aplicativos ​​possam ser desenvolvidos em cima da Ethereum 2.0 e trazendo a cadeia do Ethereum 1.0 para o Ethereum 2.0 para que a Prova de Trabalho possa finalmente ser desativada.

A migração da Ether e do ecossistema DeFi para Ethereum 2.0 é um processo de alto risco. Mais de 28 bilhões de dólares em Ether e outros ativos digitais dependem da transição bem-sucedida para a prova de participação.

Compartilhe sua opinião sobre a atualização Ethereum 2.0 e previsão de preço.

Fonte crypto-news-flash decrypt consensys
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.