É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Estudante da USP confessa golpe, mas responderá em liberdade, afirma delegada

gollll.png

Compartilhe:

Em depoimento à Polícia na tarde desta quinta-feira (19), Alícia Dudy Müller Veiga, estudante da Faculdade de Medicina da USP, confessou crime de apropriação indébita e desvio de cerca de R$ 937 mil reais, afirmou a delegada Zuleika Gonzalez. Em um primeiro momento, a acusada responderá em liberdade.

De acordo com a delegada, a aluna, de 25 anos, não ganhou com a maneira que a empresa “Ás Formaturas”, contratada pelos alunos, estava administrando o valor arrecadado e decidiu fazer aplicações de maneira independente.

Os aportes, segundo a autoridade, aconteceram nos bancos Nubank e Banco do Brasil. Parte do valor retirada foi usada para gastos pessoais.

O primeiro saque, no valor de R$ 604 mil, teria ocorrido em novembro de 2021.

“Ela saca esse valor e passa a aplicar em instituições bancárias e começou a perder dinheiro as aplicações não deram certo. E ela começou a se desesperar”, disse a delegada em coletiva de imprensa, após o depoimento de Alícia, que durou cerca de quatro horas.

Ao perceber que seus investimentos não estavam funcionando, um estudante passou a apostar em casas lotéricas.

“’Na angústia, nesse desespero de estar perdendo as quantias, não consegui parar de vencer as apostas. E chegou a um determinado momento dessa situação que ela começou a gastar as quantias com gastos pessoais”, complementou.

Um estudante teria utilizado parte do valor arrecadado para pagar o aluguel de um apartamento, no valor de cerca de R$ 3.700 paralelo, segundo apurou a reportagem, além de aluguel de um automóvel e compra de um tablet. “Ela acabou tendo uma vida incompatível com a renda que ela tinha”, destacou a delegada.

Veiga e um advogado saiu da delegacia sem falar com a imprensa.

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *