ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Empresária Judia é alvo de ataques antissemitas em sua loja na BA; veja

Design Sem Nome 2.jpg

Compartilhe:

Um vídeo registrado no momento em que um proprietário de um estabelecimento comercial em Arraial D'Ájuda (BA) foi alvo de agressões e racismo religioso por ser judia. Ela registrou um boletim de ocorrência na sexta-feira (2).

As imagens mostram o momento em que uma mulher é segurada por um homem dentro da loja enquanto grita uma série de ofensas contra Herta Breslauer, dona do estabelecimento.

A agressora diz que a dona do estabelecimento é uma “assassina de crianças, sionista”, referindo-se ao movimento político que defende o Estado judaico. Logo depois, é arrastada para fora do estabelecimento.

Após registrar o boletim de ocorrência, a empresária disse que a mulher destruiu sua loja “simplesmente pelo fato de eu ser judia, só por conta disso”. “Disse que sou assassino de criancinha, e eu não mato nem pernilongo”.

Em nota, a Polícia Civil informa que foi instaurado um inquérito para apurar os crimes de racismo, ameaça, dano e lesão corporal. Além disso, diligências estão sendo realizadas para tentar localizar o autor dos crimes.

Após a repercussão do caso, a Confederação Israelita do Brasil (Conib) repudiou o acontecimento. “Uma agressão covarde, antissemita, que deve ser investigada como crime de ódio e seguir o seu devido processo legal”.

Ainda defendem “consequências mais graves” para os responsáveis ​​por práticas de antissemitismo

Fonte

Leave a Comment