Dono de Exchange morre e ativos de clientes ficam “perdidos”, o que sabemos até agora?

1 977

Alguns dias atrás relatamos o caso da Exchange QuadrigaCX, que o CEO e fundador da empresa morreu, e como era o único que tinha acesso as chaves privadas e senhas das carteiras a frio (cold wallets), que tinha quase R$700 milhões em criptomoedas de usuários.

O problema é que começou a aparecer vários casos de pessoas mostrando que os fundos da Exchange não estão “presos” como foi dito, e que tem provas que estão sendo movimentados, mas isso só piora.

Pesquisadores da Zerononcense identificaram carteiras de bitcoin supostamente associadas à QuadrigaCX após coletar evidências dos ex-clientes da Exchange. Os pesquisadores conseguiram rastrear as negociações de bitcoin de contas de clientes verificadas até aquelas de propriedade da QuadrigaCX. No relatório, a Zerononcense listou 31 desses endereços de carteira de bitcoin.

  1. 36aenge8ZXwjRxHvtbt3HkvJRzxPNnMfeY
  2. 3Hz4NRi2fMZkUrfJXUbYygi5zoo86QXGg6
  3. 3FtVrDgvnhfAiGNHKazmjNwC7kBbT9fktX
  4. 3L4QYoGJfocATAHQz5SXB+FHWbNbMhQjEdA
  5. 358ugsYE2hKDr8Bcyob5TUXgc5n5FHxtjj

A Zerononcense contesta várias alegações da empresa, incluindo que a QuadrigaCX tinha carteiras frias e estas continham os US$ 137 milhões em fundos de criptomoeda “Parece que não há reservas de carteira fria da QuadrigaCX identificáveis”, afirma o primeiro dos seis resultados resumidos do relatório. Segundo a pesquisa, a QuadrigaCX provavelmente só tinha reservas de criptomoedas de menos de US$ 100 milhões.

O relatório também apresenta evidências de que supostamente mostra que uma das partes tinha acesso às carteiras da empresa após morte de Cotten.

“Não parece que a QuadrigaCX tenha perdido acesso a suas participações em Bitcoin”, continua a pesquisa.

“É importante notar que existem várias transações de saída feitas desde a suposta data de falecimento de Gerald Cotten (09 de dezembro de 2018).”
Outras suspeitas se concentram em torno da QuadrigaCX ter usado depósitos de clientes para pagar as retiradas de clientes.

Carteiras frias da Ethereum desaparecidas também.

Pesquisa separada compartilhada pelo CEO e fundador da My Crypto, Taylor Monahan, revelou um caso semelhante para a Ethereum. Ela compartilhou os três endereços de carteira eletrônica da QuadrigaCX. Duas dessas carteiras fizeram grandes retiradas para endereços associados a outras principais bolsas, como BitFinex, ShapeShift e Poloneix. Entre 2015 e 2017, a Quadriga efetuou um levantamento de aproximadamente US $ 22 milhões, ajustado de acordo com a variação da taxa ETH / USD.

TL: DR: NÃO ESTOU VENDO NENHUMA INDICAÇÃO DE QUADRIGA TENDO CARTEIRAS DE COLD / RESERVE PARA A ETH.

TESTAMENTO, CASAMENTO E PRESO POR FRAUDE.

Alguns usuários dizem que Cotten pode ter fingido a sua morte, já que nenhum documento oficial foi publicado ou que os outros membros da diretoria usaram a oportunidade para um exit scam, segurando as criptomoedas dos clientes.

mas no caso, hoje a Coindesk deve acesso a documentos que atestam a morte.

Gerald Cotten fez um testamento cerca de 2 semanas antes de morrer, no testamento ele deixou Jennifer Robertson como detentora dos espólios e cada um de seus dois cachorros recebeu $100 mil. Na época em que o testamento foi feito, a Quadriga já enfrentava problemas financeiros e tinha que devolver dinheiro a vários credores. Claro que isso levou muita gente a se perguntar porque o testamento estava mais preocupado com cães do que com a empresa.

O casamento secreto, sem nenhuma informação ou fotos divulgadas, também levanta algumas dúvidas. Apesar de que a resposta para esse ponto pode ser a vontade de ter privacidade. Mas ainda assim, muitos questionam o fato de o casamento ter sido próximo da morte de Gerald Cotten.

outra coisa que tem aparecido muito agora é o fato de que Mike Patryn era conhecido como Omar Dhanani, que se declarou culpado em 2005 por roubo de identidade e fraude de cartão de crédito – e que tudo isso deve ser um golpe de saída da parte de Patryn.

Problemas anteriores.

A QuadrigaCX havia enfrentado problemas legais anteriormente em novembro de 2018, quando um juiz decidiu em favor de um banco canadense que havia congelado cerca de US$ 19,6 milhões das contas da exchange, alegando a incapacidade de determinar os proprietários dos fundos.

A questão legal foi resolvida, mas informações dizem que a batalha judicial acabou deixando a exchange com graves problemas. A QuadrigaCX ficou incapaz de acessar dezenas de milhões de dólares.

 

1 comentário
  1. QuadrigaCX manda "acidentalmente" $400 mil para carteira do CEO morto

    […] o caso da QuadrigaCX foi divulgado pela primeira vez, o CEO da Kraken, Jesse Powell, disse em 2 de fevereiro que a história da exchange é […]

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: