Deutsche Bank: criptomoedas serão mainstream nos próximos dois anos.

0 559

Embora o Bitcoin tenha sido lançado há algum tempo, nunca foi tão comentado pela mídia, governos e bancos como nos últimos três anos. Muitos que falaram contra o BTC hoje já trazem um discurso diferente. Ainda há proponentes de criptoativos que acreditam que os ativos digitais dominarão o setor financeiro e deixarão as moedas fiduciárias obsoletas. Todavia, o Deutsche Bank não está totalmente convencido dessa teoria.

De acordo com o banco multinacional, mesmo com o declínio do uso do papel-moeda, o dinheiro chegou para ficar. Essa afirmação vem em contraste com a visão antiga do banco alemão de que os criptoativos substituiriam o dinheiro até 2030.

Conforme observado no relatório, os ativos digitais tem potencial para mudar de forma radical os bancos privados e centrais, além de alterar o equilíbrio do poder econômico. Ademais, o banco acredita que uma nova moeda digital será mainstream nos próximos dois anos.

“É improvável que o dinheiro desapareça tão cedo. No entanto, uma verdadeira revolução no pagamento digital está em andamento nos últimos dez anos. O dinheiro está perdendo terreno como pagamento. Vários países removeram recentemente grandes notas no valor de US$100 ou mais e implementaram políticas para substituir os métodos tradicionais de pagamento por soluções digitais”.

Moedas Digitais Privadas e Criptoativos Representam Riscos para a Economia Tradicional?

Para os pesquisadores do Deutsche Bank as moedas digitais privadas representam riscos à estabilidade financeira e política global. Com efeito do anúncio do Facebook de lançar o Libra, esse pavor foi visto em diversos países que começaram a estudar formas de lançar moedas digitais do banco central.

Ainda falando do Libra, relatório também comentou sobre o yuan digital. De acordo com a previsão do relatório, o lançamento de ambos será esse ano. Enquanto o Facebook alcançará cerca de 2,5 bilhões de indivíduos, a China apresentará as moedas digitais para mais de 1,5 bilhão de cidadãos chineses. Assim sendo, mais da metade da população mundial será apresentada aos criptoativos de alguma forma.

Embora os criptoativos estejam na infância e o Deutsche Bank não acredite em um alcance a curto prazo, todas as mudanças e tensões políticas e tudo o que elas acarretam fará com que os ativos digitais continuem ganhando espaço e virem de vez uma realidade no mercado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.