Consumo de Bens Industriais recuou 1,4% em outubro ante setembro, diz Ipea Por Estadão Conteúdo

0 7

© Reuters. Consumo de Bens Industriais recuou 1,4% em outubro ante setembro, diz Ipea

A demanda doméstica por bens industriais recuou em outubro, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais teve uma queda de 1,4% em relação a setembro.

Na passagem de setembro para outubro, a produção industrial destinada ao mercado doméstico caiu 2,7%, mas as importações de bens industriais avançaram 2,6%.

Em relação a outubro de 2020, houve redução de 4,6% em outubro de 2021. O consumo de bens nacionais tombou 9,6%, enquanto o de importados saltou 23,8%.

O consumo aparente de bens industriais cresceu 8,2% no acumulado em 12 meses, enquanto a produção industrial teve um avanço de 5,6%, de acordo com a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A demanda por bens nacionais teve elevação de 4,9%, e a de bens importados registrou expansão de 25,1%.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: