ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Conheça as regras do primeiro debate entre Biden e Trump da CNN

Thumbnail Home Debate Trump Biden 00163 00163.jpg

Compartilhe:

A CNN divulgou detalhes adicionais sobre as cláusulas acordadas pelas campanhas de Trump e Biden para o primeiro debate presidencial do ciclo eleitoral dos Estados Unidos de 2024.

O debate, que será apresentado por Jake Tapper e Dana Bash da CNN em Atlanta nos EUA no dia 27 de junho, marcará o primeiro confronto presencial da campanha americana de 2024 entre o presidente Joe Biden e seu antecessor, o ex-presidente Donald Trump.

Ambos os candidatos aceitaram o convite da rede e concordaram em aceitar as regras e o formato do debate, conforme descrito nas cartas enviadas às campanhas pela rede em maio.

Confira a seguir o formato do debate e as regras acordadas.

  • O debate de 90 minutos incluirá dois intervalos comerciais, segundo a emissora, e a equipe de campanha não poderá interagir com o candidato durante esse período.
  • Ambos os candidatos concordaram em comparecer em um pódio uniforme, e suas posições no pódio serão determinadas por sorteio.
  • Os microfones ficarão silenciados durante todo o debate, exceto para o candidato que por uma vez falar.
  • Embora não sejam permitidos adereços ou notas pré-escritas no palco, os candidatos autorizam uma caneta, um bloco de papel e uma garrafa de água.

Alguns aspectos do debate – incluindo a ausência de público no estúdio – serão diferentes dos debates anteriores. Mas, como no passado, os moderadores “usarão todas as ferramentas à sua disposição para importar o timing e garantir uma discussão civilizada”, segundo a rede.

A fim de atender às qualificações da CNN para o debate, os candidatos devem satisfazer os requisitos descritos no Artigo II, Seção 1 da Constituição dos EUA para servir como presidente.

Tanto Biden quanto Trump atendem a esses requisitos, assim como Robert F. Kennedy Jr., Cornel West e Jill Stein, que concorrem com ingressos para partidos não importantes.

Os participantes também deverão apresentar uma declaração formal de candidatura à Comissão Eleitoral Federal. Todos os cinco fizeram isso.

Todos os candidatos devem aparecer em um número suficiente de cédulas estaduais para atingir o limite de 270 votos eleitorais para ganhar a presidência e receber pelo menos 15% em quatro pesquisas nacionais separadas de eleições registradas ou prováveis ​​que atendam aos padrões de reportagem da CNN.

As pesquisas que atendem a esses padrões são aquelas patrocinadas pela CNNABC News, CBS News, Fox News, Marquette University Law School, Monmouth University, NBC News, The New York Times/Siena College, NPR/PBS NewsHour/Marist College, Quinnipiac University, O Wall Street Journal e o Washington Post.

Embora não seja impossível no caso de Kennedy, é menos provável que outros candidatos além de Biden e Trump cumpram esses requisitos.

Kennedy recebeu pelo menos 15% em três pesquisas de qualificação até agora e está atualmente nas urnas em seis estados, o que o torna atualmente elegível para 89 votos no Colégio Eleitoral.

Fonte

Deixe um comentário