Computação Quântica do Google não consegue quebrar o Bitcoin, ainda…

0 603

A informação de que o google já está com sua tecnologia quântica em andamento, deixou muitos entusiastas do Bitcoin e das criptomoedas que dependem da criptografia com uma pulga atrás da orelha.

Computação Quântica do Google.

Enquanto a comunidade de criptomoedas reagiu ao relatório divulgado na semana passada, alegando que o Google alcançou um marco importante na computação quântica, analistas dizem que o Google está longe de quebrar o Bitcoin.

De acordo com Dragos Ilie, pesquisador de computação e criptografia quântica do Imperial College de Londres, o Google precisaria de mais bits quânticos (qubits) para quebrar o Bitcoin, relata a Forbes.

“O supercomputador do Google atualmente possui 53 qubits.

Para ter algum efeito no Bitcoin ou na maioria dos outros sistemas financeiros, seriam necessários pelo menos cerca de 1500 qubits e o sistema deve permitir o uso simultâneo de todos eles”.

Computação Quântica consegue quebrar o Bitcoin?

Charles Hayter, executivo-chefe do site de dados de Bitcoin e criptomoedas, CryptoCompare, destaca que as criptomoedas são programáveis, abertas ao desenvolvimento, atualizações e até mudanças para revidar.

Diz Hayter;

“As criptomoedas podem ser atualizadas com tecnologia resistente a quântica”.

O pioneiro em dinheiro digital David Chaum, um criptógrafo que desenvolveu a moeda digital anônima eCash em 1983, está projetando seu próprio ativo digital chamado Praxxis, que segundo ele, apresentará transações anônimas e resistência quântica.

O QAN é outro projeto focado na criação de uma Blockchain que pode resistir a uma potencial ameaça quântica.

Fonte dailyhodl
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.