Coin Bureau aponta qual token DeFi está subestimado

0 318

De acordo com o portal Coin Bureau, existe um token DeFi que está sendo negociado abaixo de um valor justo. Em um vídeo do YouTube, foi apontado que o REN é um dos ativos digitais mais subestimado do mercado. Isso porque o protocolo tem uma excelente posição para ser a camada de interoperabilidade do espaço de criptoativos.

Em suma, o REN nasceu com o intuito de ser um protocolo de liquidez de cadeia cruzada. Ele permite que ativos que não pertencem à rede do Ethereum sejam utilizados no blockchain da altcoin. Ou seja, ele pega o Bitcoin, por exemplo, e transforma em token ERC-20 lastreado 1:1 com o ativo original.

“Ren é um dos poucos projetos de criptomoeda que está enfrentando a interoperabilidade de frente. A capitalização de mercado do token Bitcoin embalado de Ren no Ethereum (renBTC) cresceu para mais de US$1 bilhão nos últimos meses. E o protocolo Ren foi expandido para suportar outras cadeias”.

Parcerias previstas para o token

Além disso, foi destacado que o REN está começando a adicionar maiores suportes para mais ecossistemas de blockchain. Não podemos deixar de comentar que a plataforma pretende realizar uma parceria com a exchange descentralizada Serum.

“Ren também apoiará o blockchain Avalanche e anunciou ter uma parceria com MyEtherWallet para tornar possível cunhar renBTC usando BTC no aplicativo móvel da carteira. Em janeiro deste ano, Ren tornou oficialmente possível usar Dogecoin no Ethereum como renDOGE. A integração do Ren com o openDAO também torna possível cunhar moedas estáveis indexadas ao dólar usando o renDOGE como garantia… Ren em breve apoiará o blockchain Solana e também se integrará ao Serum DEX”.

Apesar de estar otimista em relação ao token, achar que ele está subestimado e ter 2% de seu portfólio nele, o analista da Coin Bureau aponta que a falta de descentralização é uma grande preocupação em relação ao projeto.

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: