ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

CEO da Marathon Digital Holdings discute o cenário do Bitcoin

Fred Thiel Bitcoin Mining.jpg

Compartilhe:

Em uma entrevista recente com CriptoSlate no BTC Praga 2024, Fred ThielCEO da Maratona Digital Holdingscompartilhou seus insights sobre vários aspectos críticos do cenário Bitcoin, com foco em taxas de transação, resiliência da taxa de hash e iniciativas de expansão global.

Taxas de transação e tendências futuras

Thiel destacou as condições das taxas de transação do Bitcoin, observando que grandes cargas que exigem priorização geram taxas mais altas. Ele enfatizou que o volume de transações no mempool é o principal impulsionador, com vários serviços de valor agregado construídos sobre taxas básicas de transação. Thiel comparou-o a um sistema hierárquico, onde os serviços de primeira classe garantem a finalidade da transação e os serviços de nível inferior operam numa base menos específica. Thiel prevê que, com o tempo, as taxas de transação superar o subsídio em bloco.

“as taxas de transação ultrapassarão o subsídio em bloco, especialmente à medida que o subsídio em bloco continua a diminuir”.

Abordando a resiliência da taxa de hash do Bitcoin, Thiel destacou que, apesar previsões de uma queda significativa após o halving, o declínio real foi menos grave. Ele atribuiu esta resiliência aos anúncios de crescimento dos mineiros públicos e soberanos. Thiel espera que os mineiros públicos se consolidem e constituam uma percentagem menor da taxa de hash global devido à entrada de novos governos soberanos e outras entidades privadas no espaço mineiro, o que diluiria a quota global detida pelos mineiros públicos.

Iniciativas de expansão global

Thiel também discutiu a expansão da Marathon em Quênia e os Emirados Árabes Unidos. Explicou que estas iniciativas envolvem parcerias estratégicas a nível soberano, aproveitando recursos energéticos não utilizados para criar investimentos directos estrangeiros, oportunidades de emprego e receitas governamentais. Thiel destacou o papel do governo dos EUA, especialmente da Embaixadora Meg Whitman, na facilitação destes empreendimentos. Ele destacou a colaboração com gigantes da tecnologia como Microsoft e Google para aprimorar esses projetos.

“É tudo uma grande iniciativa, que visa rentabilizar a energia não utilizada no Quénia,”

A entrevista também abordou a recente inclusão da Marathon no S&P 600, observando um sólido volume de negócios e aumento do investimento institucional, com entidades como a BlackRock adquirindo participações significativas. Thiel mencionou que embora o interesse institucional esteja crescendo, a empresa também enfrenta um aumento juros curtos devido à sua elevada liquidez.

Em relação ao clima político, Thiel observou um interesse bipartidário em apoiar o Bitcoin e a mineração de Bitcoin no Congresso, contrastando com a postura do poder executivo. Ele enfatizou o apoio da Marathon aos candidatos políticos favoráveis ​​à indústria de ativos digitais.

Atualizações operacionais

Por último, Thiel abordou desafios operacionais, incluindo problemas recentes em transformadores que afetaram sua unidade em Ellendale. Ele afirmou que o site já está 85% operacional e em breve estará totalmente online.

Os insights de Thiel refletem o posicionamento estratégico e a resiliência da Marathon Digital Holdings no mercado de ativos digitais em evolução.

Mencionado neste artigo

Fonte

Deixe um comentário