ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Carnaval do RJ tem mais de mil prisões pelas polícias civis e militares

Zim20240211162.jpg

Compartilhe:

O governo do Rio de Janeiro divulgou nesta quinta-feira (15) o balanço das ações do Carnaval em 2024. De acordo com o governo, foram 12 mil policiais militares e mais de 3,3 mil policiais civis e 900 policiais penais empenhados no esquema. de segurança nos dias de festa.

Segundo os números divulgados pelo governo, as prisões em flagrante aumentaram em 34%, enquanto as apreensões de menores subiram 32%. Já com relação aos pedidos de medida protetiva, houve uma alta de 5%. O governo informou que os índices de crimes de rua – furto e roubo a pedestre – caíram em 20%.

De acordo com a Polícia Civil, com auxílio do videomonitoramento com o reconhecimento facial, 717 pessoas foram presas, sendo 630 em flagrante e 87 por cumprimento de mandatos de prisão. Duas mulheres foram presas por armazenar comida no camarote da Sapucaí. Os policiais civis também fecharam uma central clandestina de produção de credenciais falsas. Ao todo, 600 investigações foram iniciadas no Carnaval.

A Polícia Militar informou que, durante os dias de festa, foram efetuadas 423 prisões e 75 adolescentes foram apreendidos. A PM também recuperou 47 celulares, além de 32 simulacros de armas de fogo e drogas. Outras 75 armas foram apreendidas, sendo sete fuzis. De acordo com o governo, 29.978 pessoas foram atendidas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) tiveram 3.646 ocorrências.

Em coletiva do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), o governador Cláudio Castro (PL-RJ) comemorou as ações das forças de segurança. “Nos termos de orgulho entregues à população o melhor esquema de segurança do Carnaval do Rio. O planejamento operacional, com aumento do efetivo e o uso da tecnologia de reconhecimento facial, permitiu que as pessoas aproveitassem melhor os dias de festa. O aumento de pedidos de medidas protetivas demonstra que as mulheres estão se sentindo mais seguras para pedir ajuda às forças de segurança estaduais. Isso também é resultado da nossa campanha de conscientização “Ouviu um não, respeite a decisão”. Podemos comemorar os acertos deste ano e repetir nos próximos”, disse o governador.

Turismo em alta

Durante os dias de Carnaval, a rede hoteleira da capital atingiu 87% de ocupação, enquanto as regiões dos lagos, serrana e costa verde, alcançaram 81%. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio, divulgados pelo governo do Rio na coletiva, a movimentação financeira nos dias de folia é estimada em cerca de R$ 5,3 bilhões no estado.

*Sob supervisão

Fonte

Leave a Comment