Cargas de trigo são liberadas em Santos após lentidão com operação ‘padrão’ de fiscais Por Reuters

0 17
2/2

© Reuters. Lavoura de trigo
REUTERS/Valentyn Ogirenko/File Photo


2/2

SÃO PAULO (Reuters) – As cargas de importado no porto de Santos, cuja liberação estava mais lenta devido à operação “padrão” de fiscais agropecuários, receberam aval fitossanitário, e o problema foi resolvido, informou a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) nesta sexta-feira.

A situação envolveu carregamentos de pelo menos dois navios. Uma das cargas desembarcou no dia 2, mas não foi liberada imediatamente em função da operação dos fiscais. Com isso, impediu o descarregamento de outra embarcação.

O Brasil é um dos maiores importadores do cereal, comprando a maior parte de suas necessidades na Argentina.

O problema com o trigo ressaltou dificuldades de alguns setores com a operação “padrão” dos fiscais, uma vez que o movimento está alongando o tempo de análise dos produtos.

Há ainda preocupações no setor de carnes com o desembaraço das mercadorias para exportações devido ao movimento dos fiscais, que atuam nos portos, mas também dentro dos frigoríficos.

Ao anunciar a operação, que começou ao final do ano, o Anffa Sindical, que representa os fiscais agropecuários, havia afirmado que manteria o ritmo normal de trabalho “somente nas atividades que podem afetar diretamente o cidadão”, como a liberação de cargas vivas, a fiscalização de bagagens de passageiros e de animais de estimação.

A operação “padrão” também não atinge a fiscalização de produtos perecíveis e o diagnóstico de doenças e pragas, evitando comprometer programas de erradicação e controle de doenças.

Os fiscais agropecuários, que protestam pela reestruturação da carreira e pela realização de concursos públicos, esperam ser recebidos pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na próxima semana.

À Reuters, o presidente do Anffa Sindical, Janus Pablo de Macedo, disse que é difícil mensurar os impactos do movimento dos fiscais, porque simultaneamente funcionários da Receita Federal também realizam um protesto.

A movimentação das categorias tem como pano de fundo a decisão do presidente Jair Bolsonaro de incluir na peça orçamentária deste ano reajuste apenas para os policiais da esfera federal, PRF e PF.

(Por Roberto Samora)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: