É Top Saber - Notícias e Análises

Redes sociais

Brasileiro registra prateleiras vazias no mercado de Miami após

prateleira_florida.jpg

Compartilhe:

Ir ao mercado nesta quinta-feira (29) gerou estranheza no brasileiro Matheus Heinrich, que está em viagem em Miami e gostou de perto a passagem do Furacão Iann / D Flóridanão Estados Unidos. O fato se dá pelas prateleiras vazias e itens com poucas unidades, como é o caso da água.

“Quase tem água, é uma galera pega bastante coisa, não conseguiria à água CNN ao comentar que, com medo de desabastecimento, muitos cidadãos estocaram alimentos.

Heinrich viajou com a mãe para Miami. A passagem do destino já pegou os dois de surpresa, que não havia previsão do fenômeno até onde eles estão. Diante da situação, a volta ao Brasil, previsto para esta sexta-feira (29), foi adiada.

Enquanto espera, mãe e filho, mãe e filho, para encontrar o outro hotel, os dados mais próximos que voltarão a encontrar para reagendar o outubro até o dia 1º.

Para outra brasileira na Flórida, Giselle Cyríaco, de 34 anos, não está no meio de um causador de pânico e ansiedade. A ida ao mercado com a finalidade de fazer estoque, relacionada por Heinrich, também marcou a família dela.

Moradora de Winter Garden, há quatro anos, Giselle CNN que ela, o marido e as filhas, de 3 e 10 anos, compraram muita água e comida. Segundo ela, o mercado onde estava lotado e sem restrição de número de unidades de produtos que cada cliente poderia comprar.

O carro da família também foi abastecido, outra medida tomada para garantir a segurança de todos e o transporte, caso fosse necessário.

“Foi uma tempestade muito forte, com muita ventania. Poucos familiares por baixo, que impactam aqui, conta Giselle que, localmente, não são suficientes para familiares e amigos preocupados no Brasil.

Para tranquilizá-los, Giselle uma série de posts sobre a passagem do uso fez para fazer uma conta no Instagram que fez publicações de viagens.

Um dia após a chegada do fenômeno Ian, a família aposta na união para enfrentar o momento. “Estamos muito unidos, dormindo na sala com medo de dormir no quarto”, relata Giselle.

Ainda conforme os parques, mercados e aeroportos brasileiros seguem na região onde ela vive.

Furacão

O Furacão Ian estragou por onde passou. Até esta quinta-feira, 15 pessoas em decorrência do fenômeno. O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que Ian pode ser o funcional.”mais mortal da história da Flórida

Aguarda-volta-se de que a vida normalidade em breve será segunda que o governador da Flórida, DeSantis (Republicanos), espera-se que as escolas possam ser reabertas já nesta sexta (30) ou então na (3). Os voos internacionais devem ser reformados nesta sexta.

(*Sob orientação de Bárbara Brambila)

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *