Bithumb, Exchange da Coréia do Sul, é vendida para a BK Global por US $ 353 milhões.

0 324

Notícias que saem na mídia local na Coréia do Sul, indicam a venda da Bithumb para o BK Global Consortium. A Bithumb é uma das maiores plataformas de câmbio de criptomoedas do mercado, enquanto a BK Global é uma empresa sediada em Cingapura.

Detalhes da Venda.

De acordo com a agência de notícias Yonhap, a BK Global adquiriu a Bithumb – o maior serviço de câmbio de criptomoedas da Coréia do Sul. Fontes afirmam que a firma sediada em Cingapura comprou uma participação de 50% mais uma ação da BTC Korea, maior acionista da plataforma.

Antes da venda, a BTC Korea possuía mais de 75% das ações da Bithumb. A BK Global teria adquirido 51% das ações por cerca de 400 bilhões de won (US $ 353 milhões). Depois que o negócio é finalizado, Kim Byung-gun, conhecido cirurgião plástico e chefe da BK, torna-se o maior acionista da exchange.

Bithumb

Comentando sobre o desenvolvimento, um representante da BK, falando ao The Asia Newsdisse:

Kim Byung-gun demonstrou sua capacidade de gerenciamento multinacional no campo de assistência médica, fintech e Blockchain em Cingapura. Ele é a pessoa certa para perseguir a sistematização e a globalização do câmbio virtual.

Segundo relatos, Kim planeja estabelecer uma exchange descentralizada da Bithumb (DEX), através de uma subsidiária de Hong Kong no final de Outubro. Kim acredita que esse movimento não só melhoraria a facilidade de trocar criptomoedas, mas também ajudaria a combater as atividades dos hackers.

No futuro, a BK Global acredita que a aquisição da Bithumb contribui para um sistema de liquidação de comércio eletrônico robusto baseado em Blockchain. Segundo um funcionário da empresa:

Empresas de comércio eletrônico como Amazon e Alibaba estão recebendo grandes comissões, que se tornaram um problema para os consumidores. Os sistemas de pagamento Blockchain podem reduzir essas taxas de comissão. Também promoveremos a introdução de moedas estáveis ​​para estabilizar o sistema de pagamento. Estaremos em conjunto com o esquema de intercâmbio global para aproveitar a moeda vinculada ao dólar norte-americano.

Coreia do Sul

Desempenho da Bithumb 2018.

A Bithumb foi uma das plataformas de câmbio de criptomoedas da Coréia do Sul a sofrer uma invasão em 2018. Menos de duas semanas depois do hack na Coinrail, a gigante exchange sul-coreano anunciou um hack de US $ 30 milhões. Pouco tempo depois, a plataforma anunciou a recuperação de quase 50% das criptomoedas roubadas durante o ataque.

Após o ataque, a plataforma suspendeu depósitos, retiradas e novas aberturas de conta. Problemas entre a Bithumb e seu parceiro bancário em Agosto, fizeram com que a plataforma não pudesse reabrir os registros de conta.

Apesar do hack, a plataforma registrou um lucro semestral de US $ 35 milhões. Além disso, durante o processo de aquisição, a BK avaliou a plataforma em US $ 1,8 bilhão, o que é significativamente maior do que as avaliações de US $ 1 bilhão da bolsa no mercado.

O que você acha da venda da Bithumb para o BK Global Consortium? 

Compartilhe com nós o que você está pensando.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.