ÉTopSaber Notícias e Criptomoedas

Redes sociais

Bitcoin como taxa? Primeiro-ministro do Reino Unido nega reivindicações de pagamento de Bitcoin ou US$ 1 milhão por entrevista

A 1e916d.png

Compartilhe:

Numa recente reviravolta nos acontecimentos, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, encontra-se envolvido numa briga mediática com o antigo apresentador da Fox News, Tucker Carlson. A disputa gira em torno de uma suposta demanda de Johnson por Bitcoin ou um taxa de um milhão de dólares por uma entrevista, afirmação veementemente negada pela equipa do Primeiro-Ministro. Carlson, conhecido pela sua influência na mídia de direita dos EUA, acusou Johnson de solicitar o pagamento para uma discussão sobre a Ucrânia.

A acusação de Carlson e a resposta de Johnson

Tucker Carlson, em uma entrevista recente à Blaze TV, afirmou que a equipe de Johnson o informou da possibilidade da entrevista, mas anexou um preço alto. Segundo Carlson, o primeiro-ministro exigiu um milhão de dólares americanos, ouro ou Bitcoin.

Falando à Blaze TV, um canal de notícias de direita, Carlson disse:

“Finalmente, um de seus conselheiros me respondeu e disse: 'Ele falará com você, mas isso lhe custará um milhão de dólares'”.

Screenshot of Tucker Carlson interview on BlazeTV.

O telégrafo citou Carlson dizendo:

“Ele quer um milhão de dólares, em dólares americanos, ouro ou bitcoin – isso aconteceu ontem ou há dois dias. Depois ele falará convosco sobre a Ucrânia – explicará a sua posição sobre a Ucrânia.”

A equipa de Johnson rejeitou rapidamente estas alegações, afirmando que foi Carlson quem fez a oferta e que Johnson inicialmente aceitou, com a condição de que os fundos fossem diretamente para instituições de caridade de veteranos ucranianos. A entrevista, no entanto, nunca aconteceu, com Johnson citando como motivo a trágica morte do líder da oposição russa Alexei Navalny.

Bitcoin: o papel improvável da criptografia no drama da mídia

Numa reviravolta inesperada, a criptomoeda entrou neste drama mediático. Carlson, ao detalhar a suposta oferta de entrevista, especificou que Johnson havia manifestado preferência por um milhão de dólares em BTC.

BTCUSD trading at $51,770 on the 24-hour chart: TradingView.com

As razões por trás desta preferência permanecem obscuras, mas a menção de Bitcoin adiciona uma camada intrigante ao desenrolar da história. A equipe de Johnson não comentou esse detalhe específico, deixando espaço para especulações sobre o papel e o significado da criptografia na entrevista proposta.

O principal ativo digital que testemunhou um notável crescimento de preços na última década tornou-se um tema de interesse nos círculos financeiros em todo o mundo. Diz-se que Johnson, ciente do excelente desempenho do Bitcoin, acredita em seu sucesso contínuo.

Essa crença está enraizada na história de aumento substancial de valor do Bitcoin, de meros US$ 0,003 em 2010 para cerca de US$ 69.000 em 2021. A recente aprovação de 11 fundos spot negociados em bolsa de Bitcoin pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) solidifica ainda mais o valor do criptoativo. status como um ativo principal.

A interseção entre política e criptomoeda

A convergência da política e da criptomoeda nesta narrativa acrescenta uma camada de complexidade à já controversa troca entre Johnson e Carlson. O uso do Bitcoin como método de pagamento proposto levanta questões sobre a crescente influência e aceitação das criptomoedas nas transações convencionais.

À medida que o discurso político se entrelaça com o panorama financeiro, a história sublinha a natureza evolutiva dos meios de comunicação social, da política e o papel das tecnologias emergentes como o Bitcoin na formação destas dinâmicas.

Imagem em destaque do Pexels, gráfico do TradingView

Fonte

Leave a Comment