Banimento de criptomoedas na Turquia não é totalmente ruim

0 138
A proibição de pagamentos com criptomoedas, na Turquia, pode ser considerada como otimista, na opinião de Anthony Scaramucci

O fundador da Skybridge Capital, Anthony Scaramucci, acredita que a proibição de criptomoedas na Turquia e a pobre taxa de adoção do Bitcoin terão um efeito global de alta no mercado das criptomoedas.

Falando em uma entrevista na Squawk Box da CNBC, Scaramucci argumentou que não era uma má notícia para o mercado impor uma proibição de pagamentos em criptomoedas na Turquia, pois, segundo ele, a moeda fiduciária no país não é estável. Ele afirmou que seria ilógico para o Bitcoin entrar em tal mercado, dadas as circunstâncias.

“Vocês viram o que está acontecendo na Turquia. Eles anunciaram que vão proibir o uso de criptomoedas na Turquia. Isso poderia acontecer em outros lugares onde as moedas são instáveis, e eles não querem que esta introdução do Bitcoin seja uma fonte de negociação para seus cidadãos.”

A perspectiva continua positiva

Scaramucci explicou que a lenta adoção nestas regiões, onde as criptomoedas ainda não foram aceitas, não é necessariamente um caso de baixa, mas sim um caso positivo. O ex-banqueiro afirmou que o Bitcoin está em uma fase emergente em países como a Turquia e que ainda há muito espaço para crescimento.

Seus comentários estão em consonância com as observações do fundador da BlackRock, Larry Fink, que anteriormente havia insinuado no mesmo programa que não há muitas instituições que tenham abraçado as criptomoedas.

“Se você olhar para o modelo de estoque-fluxo e olhar a escassez do Bitcoin como exemplo, se o que Larry está dizendo é verdade, então isso tornaria o caso do Bitcoin ainda mais otimista, o que significa que em algum momento eles iniciarão essa adoção. Eles ainda não estão lá.,” revelou Scaramucci.

A fraca adoção atrapalha a BlackRock

Fink reconheceu recentemente que o Bitcoin havia despertado seu interesse apesar de a BlackRock não estar convencida de que o mercado das criptomoedas tenha uma ampla aprovação no momento. O diretor executivo citou esta última como motivo para a relutância de sua firma em se envolver fortemente no setor. Ele comentou que a BlackRock estava avaliando o mercado para determinar quando a demanda das instituições seria suficiente.

“O Rick Rieder já esteve em seu programa falando sobre coisas que estamos fazendo. E estamos estudando”, disse ele. “Há componentes nos mercados financeiros, sobre criptomoedas, que são reais, que estão crescendo.“

Isto sugere que a BlackRock irá eventualmente entrar no setor das criptomoedas, assim que o Bitcoin conseguir uma adoção generalizada.

Receba gratuitamente o Guia Prático do Bitcoin.

Credit: Fonte

Compartilhe sua opinião.

%d blogueiros gostam disto: